http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Lembram-se?

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Hoje, e como tantos outros dias, estava a folhear os meus livros e recordei uma frase dita pela nossa querida Nyx. Decidi publicá-la, pois esta frase permite-nos pensar.


"As trevas nem sempre equivalem ao mal, e a luz nem sempre trás o bem"


A Zoey percebeu o significado. E nós?


Benditos sejam.

Parabéns à Cátia Céu!

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Hoje temos um aniversário. A Cátia Céu faz hoje 15 aninhos !!! Bem, quase que tivemos uma bebé de ano novo x')


A Casa da Noite Portugal deseja à Cátia um Feliz Aniversário !!!



Que Nyx vos abençoe!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Passatempo "Frase da semana"

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Bem, hoje estou numa de dinamizar o blogue e para isso preciso de vocês. A partir de hoje vamos ter um passatempo todas as semanas, sendo que esse passatempo consistirá em vocês escolherem a frase da semana do blogue. EXACTAMENTE! A frase da semana. Como se irá fazer isso? Bem, eu explico.

  1. Todas as semanas será escolhida uma frase de cada livro da saga lançado em Portugal, começando pelo Marcada, depois Traída, e assim sucessivamente.
  2. Vocês enviam a frase ideal para vocês para o e-mail casadanoitept@gmail.com com o titulo "Frase da Semana - (Titulo do livro da semana)", o vosso Nome, Idade e Localidade (não é a morada).
  3. A frase irá a votos no blogue e a mais votada será postada como frase da semana do blogue.

Datas:

A frase será postada todas as Segundas-Feiras, e o passatempo será lançado logo de seguida, no mesmo dia. As frases deverão ser enviadas até Sexta-Feira às 23h59 para ficarem Sábado e Domingo em votação (Qualquer frase enviada depois dessa hora não será aceite).

Prémio:

O prémio é a vossa frase, caso ganhe, ser postada no blogue. Não existe qualquer outro prémio.

Importante:

O passatempo esta semana, como já repararam, será mais curto, pois hoje já é Quarta-Feira. Devem entregar na mesma até Sexta-Feira e a frase deve ser sobre o livro Marcada.
As frases devem ser frases presentes nos livros e não inventadas por vocês.

Que Nyx vos abençoe!

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Novidades Casa da Noite!

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Soube pela administradora do Fórum Bang que será lançado em 2011 Seduzida, Queimada (Burned) e The Fledgling Handbook 101.
Ainda não há datas certas para o lançamento de Queimada e The Fledgling Handbook 101, mas pelo que me foi dito, Queimada está previsto para Junho (Atenção, PREVISTO), e The Handbook Fledgling 101 está previsto para o final do ano.

Relativamente à capa de Seduzida, a mesma será anunciada depois do Ano Novo.


Espero que gostem das novidades! Eu só fico triste porque parece que vamos continuar com dois livros de atraso, já que Awakened sai já na próxima semana e em Portugal só deve sair em 2012. Além disso, como já estamos habituados, a autora deve lançar o 9º livro ainda em 2011, por isso o atraso de dois livros de que falei. Que acham?


Que Nyx vos abençoe!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Nala, por Beatriz Rebola

Feliz encontro Filhas e Filhos s Trevas!

Hoje deixo-vos com um desenho da Beatriz Rebola que tem somente 10 aninhos, mas já mostra interesse pela saga e eu acho que ela tem muito jeito para o desenho, gostei imenso da sua pequena Nala.



E então? Não está fantástico?
Sigam o exemplo da Beatriz e enviem também os vossos desenhos e trabalhos sobre a saga para o email jwalter2412@gmail.com.

Benditos sejam!

sábado, 25 de dezembro de 2010

Fanfic: Forgiven - 36º Capitulo

- Hum… Z, não achas que já comeste assim… o suficiente?
- Ai, eu estava a morrer de fome! – resmunguei
- Boa, agora estás rabugenta
- Nada que uma cola não light não resolva, Stevie Rae… - Heath atirou-me uma cola. Abri e bebi em sorvos lentos.
- Bem melhor! Obrigada Heath! – eu disse
- De nada fofa… Quer dizer Zoey! – ele coçou o cabelo, atrapalhado. Todos se riram – Eh! Então? Parem lá de rir! Por favor!
- Okay, okay! – Disse Damien
Eu limitei-me a beber a minha cola lentamente.
- Então, Stevie Rae, conta lá! Como é que estás? Quer dizer, passámos tanto tempo sem te ver e vens aqui e pimba, nova Sacerdotisa da casa da noite!
- Bom, em primeiro lugar eu gostava de agradecer a todos os que me apoiaram…
- Stevie Rae, campónia! Isto não é um discurso! – disse Erin
- Nem um agradecimento político! – completou Shaunee
- Okay, okay… Estou bem, super mega feliiiiz! E vou passar montes de tempo por aqui!
- Hey? Lembraste do que disseste ontem? Parece que o teu amor chegou... – eu disse encarando o rapaz que se dirigia a nós. Correcção, um vampyro azul, mudado, moreno, um corpo de deus adolescente, com uns olhos cinzentos
- OH MINHA DEUSA! – ela guinchou, assim que as suas mãos lhe taparam os olhos.
- Adivinha quem é?
- Hum… ora deixa cá ver… Elvis?
- Não amas o Elvis pois não?
- Claro que não! Eu só te amo a ti Peter! – eles iam-se beijar
- PÁRA TUDO! – disseram as Gémeas disseram ao mesmo tempo.
- Tu… - começou Erin
- Tens… - Shaunee disse
- Namorado… - disse Jack
- E não… – Damien
- Nos dizias… - Sam
- Nada? – Chad, com uma cara ‘ah é para eu acabar?’
- Sim – ela respondeu e eles beijaram-se – conheci o Peter quando fui a minha casa há umas semanas. Ele é filho do melhor amigo do meu pai e estava lá a ajudá-lo a montar qualquer coisa, quando eu entrei e o vi.
- Olhámos um para o outro e…
- Foi um conto de fadas! – eles deram mais um beijo
- Sou o Peter! – ele estendeu a mão para cada um de nós
- Shaunee
- Erin
- Damien
- Jack
- Zoey
- Samantha
- Chad
- Heath
- Hum… São todos solteiros aqui? É que não parece… nota-se um clima…
- Eu e o Jack andamos, ele é o amor da minha vida – disse Damien abraçado a Jack
- Ownt! Amo-te tanto! – eles beijaram-se
- Vómito! – dissemos eu e as Gémeas ao mesmo tempo
- Hum… A Samantha e o Chad parecem gostar um do outro… - Peter disse
- Nada indirecto… - resmungou Stevie Rae
- Fofa, já sabes que eu sei destas coisas só de olhar!
- Sim, sim… E a Zoey e o Heath estão em fase de andamento, as Gémeas estão indisponíveis, tudo aqui está feliz e os passarinhos cantam!... – WTF? Fiquei a olhar para ela - Olha, os iniciados já estão cá?
- Sim amor. Estão ali à porta
- Que bom! Vou vê-los, vens Z? – assenti e ela começou a saltitar até à porta que nem um coelhinho do mato
- Stevie Rae! Espera aí!
- Ops, demasiado rápido! – ela parou e eu que ia praticamente a correr atrás dela choquei nas suas costas, atirando-nos às duas para cima da porta. Depois, alguém muito inteligente lembrou-se de abrir a porta e lá fomos nós ao chão, a rir a bandeiras despegadas de nós mesmas. Todos na sala de jantar e arredores se riram
- Vocês estão bem? – perguntou Vénus. Ela até parecia simpática. Agora.
- … … Sim… … Est… Estamos bem – tentei responder sem me rir, mas não resultou. Levantei-me e puxei Stevie Rae para cima
- Não haja dúvida! Bela entrada para Sacerdotisa da casa da noite – Afrodite juntou-se a nós a resmungar – Vénus! – Afrodite abraçou a sua melhor amiga
- Afrodite! Como estás Deusa do Amor?
- Amor é o que ela não espalha… Só para o Dário! – eu comentei
- Marada mor da horda de nerds, cala-te!
- Eu falei? – fiz-me inocente
- Se não calares, não vais conseguir falar! – ela sorriu ‘simpática’ para mim
- Bem, continuem lá na sessão de ‘tive tantas saudades tuas! A Zoey é mesmo marada não achas?’ Que aqui a Sacerdotisa tem quartos a distribuir. – Stevie Rae pegou-me na mão
- Espera aí! Tu é que és a Sumo Sacerdotisa, não sou eu! – eu disse
- Pois, mas estás em treinamento e cheira-me que agora tanto eu como a Lenóbia temos de te ensinar as coisas! Por falar nisso, vamos ter com ela porque eu não percebo pevas desta cena!
- Stevie Rae! – dissemos eu e Damien que passava por nós com Jack, para saírem.
- Ops, desculpem! Não percebo nada de gestão de casa da noite, melhor?
- Não vou comentar… - disse eu, abanando a cabeça. Ela puxou-me a mão e arrastou-me para uma sala onde Lenóbia estava.
Ficámos lá na sala para aí umas duas horas a decidir com quem ficava cada iniciado. Eu apenas via como era tudo e processava a informação, e a retia no meu cérebro como se fosse uma pasta com o nome “Informações para o Futuro”
- Informações para o Futuro? Essa é boa, Zoey… - Lenóbia disse rindo-se levemente
- O que é que eu perdi?
- Nada Sacerdotisa – eu disse
- Ah, não deve ter importância… Então… É só isto? Já está?
- Sim, só tens que avisar os iniciados.
- Óptimo Lenóbia! Obrigada! – Stevie Rae sorriu e fez o cumprimento do vampyros em jeito de despedida. Eu fiz o mesmo e (mais uma vez) ela agarrou-me na mão a arrastou-me dali. Os iniciados estavam dispersos pela escola, já se tinham ambientado… (que eles têm uma capacidade de “influência” excelente já eu sei… só não sabia que funcionava com iniciados/vampyros)
- Então tu vais para o teu antigo quarto e vais ficar sozinha já que a Afro se vai embora daqui a pouco
- A Quê? – rosnou Afrodite
- Afrodite, e não desrespeites a Sacerdotisa! – ela tentou parecer adulta, numa tentativa totalmente fail…
- Queres que te leve a sério com essa carinha?
- Ah, esquece, nem eu mesma me habituei… - ela abanou os caracóis loiros e saímos da sala do dormitório

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

The Vampire Diaries, L. J. Smith

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Estamos de férias e como tal temos de aproveitar bem antes que as aulas comecem. Por isso, trago-vos uma proposta! The Vampire Diaries!
Os livros são super interessantes e a série ainda mais :)



Ficam, então com a sinopse apenas do primeiro livro!

A história passa-se durante a Guerra Civil, num contexto de grandes propriedades, riquezas inimagináveis e segredos fatais, três adolescentes de Mystic Falls, Virginia, formam um tórrido triângulo amoroso que irá abranger a eternidade.
Os irmãos Stefan e Damon Salvatore são inseparáveis até se depararem com Katherine, uma mulher deslumbrante e misteriosa que vira o seu mundo de cabeça para baixo. Os irmãos tornaram-se rivais, os Salvatores competem pelo afecto Katherine, apenas para descobrir que os seus vestidos de seda sumptuosa e jóias brilhantes escondem um terrível segredo: Katherine é uma vampira. E ela tem a intenção de transformá-los em vampiros para que eles possam viver juntos para sempre.


Para saber o resto terão mesmo de ler os livros ou ver a série :)

Benditos sejam, e que Nyx vos acompanhe!

Feliz Natal !

Olá Filhos e Filhas das Trevas!


A Casa da Noite Portugal deseja-vos um Feliz Natal junto com os vossos. Que tenham muitas prendinhas, pena é uma delas não ser o Seduzida :S

Aproveitamos também para desejar um Feliz Aniversário à Zoey ;)


Que Nyx vos abençoe!

Parabéns à Mariana Marques!

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Hoje faz anos uma pessoa da equipa. A Mariana Marques (Mary) faz hoje 16 aninhos!!!


Parabéns à Mariana da restante equipa da Casa da Noite Portugal!!!


Que Nyx vos abençoe!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Data prevista para o lanamento de "The Fledgling Handbook" no Brasil

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!




A Novo Século (editora brasileira responsável pelos livros da saga) divulgou através do seu Twitter a data prevista para o lançamento do livro "The Fledgling Handbook" denominado lá "O Manual do Calouro". Este lançamento pensa-se que será em Março do próximo ano.


Quem me dera que esta data fosse já a de Portugal! Não concordam?

Benditos sejam!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Nova fala de Awakened!!!

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Saiu uma nova fala de Awakened, ora vejam:

Rephaim - Sou o pai do meu filho. É tudo o que sei ser. É a minha única escolha...


E então, que acham? x') Não se esqueçam, faltam apenas 2 semanas para o lançamento de Awakened!


Que Nyx vos abençoe!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Vampiros, Sally Regan

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Anciosos com a chegada do próximo livro da HoN, Seduzida? Pois bem, enquanto esperam apresento-vos "Vampiros", de Sally Regan.
O livro que diz tudo sobre vampiros, desde a sua origem até à actualidade!




Sinopse:
Descobre os segredos mais impressionantes sobre os Vampiros e deixa-te seduzir pelo charme fatal destas criaturas da noite!
Os Vampiros fascinam a humanidade graças à sua beleza, ao ar atormentado e à promessa de juventude eterna. Ao longo do livro, muitas lendas são contadas que fazem com que os mitos nunca desaparessam.
Com ilustrações belissímas e informações completas e muitas vezes arrepiantes, os leitores de "O Livro dos Vampiros" conhecerão tudo sobre a mitologia dos best-seller sobre Vampiros: desde a sua origem em lendas presentes em todas as culturas do mundo, passando pela assustadora história de Vlad; e pelo irresistivel charme de Drácula, de Bram Stoker, até aos mais recentes fenómenos da Saga Crepúsculo e da série True Blood.


Vale a pena ler :)

Benditos sejam e que Nyx vos acompanhe!

House of Night: Stevie Rae Johnson

Feliz encontro Filhas e Flhos das Trevas!

O blog Flor de Lótus publicou um post sobre a nossa querida Stevie Rae e eu decidi partilhar com vocês!

Atenção o post  é o original e contém spoilers, por isso se ainda não leste os livros a partir de Traída e não queres saber algumas coisas que se vão passar no livro pára por aqui!


Stevie Rae Johnson é a colega de quarto da Zoey na House of Night. Ela ama suas jeans, suas botas de vaqueira e todas as coisas “Okie”.


LIVROS FAVORITOS
The Incredible Journey de Sheila Burnford,
Gone With the Wind de Margaret Mitchell,
The Lion, The Witch and the Wardrobe de C.S Lewis

PROGRAMAS DE TV
Qualquer coisa da NASCAR, The Ultimate Coyote Ugly Search,
Hanna Montana

FILMES
Steel Magnolias, The Outsiders, os filmes do Harry Potter

MÚSICA
Kenny Chesney, Dixie Chicks, Carrie Underwood

MELHOR AMIGA
Zoey Redbird

PAIXÃO POR ESTRELA DE CINEMA
Rupert Grint


OUTROS FACTOS:

* NÃO RESISTIU A TRANSFORMAÇÃO E FOI DADA COMO MORTA. UM TEMPO DEPOIS ZOEY DESCOBRE QUE ELA ESTÁ VIVA E SE TRANSFORMOU EM UM TIPO DE CRIATURA MUITO RUIM E QUE TODOS OS OUTROS ALUNOS QUE PASSARAM PELO MESMO QUE ELA ESTÃO CONVIVENDO JUNTOS EM UM TÚNEL DA CIDADE DE TULSA.

* APÓS AJUDAR AFRODITE ELA SE TORNOU A PRIMEIRA VAMPIRA VERMELHA E AS DUAS FORAM CARIMBADAS.

* FOI USADA POR NEFERET PARA TRAZER KALONA DE VOLTA E QUASE MORREU DE NOVO.



Fonte: Flor de Lótus

Benditos sejam!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Fanfic: Confused - Capitulo 20

Capítulo 20

-Mas como é que tu sabes isso Zoey?! Tatuagens brancas!
Estava com o cérebro quase a estourar só com aquilo. Acho que naquele preciso momento me poderiam colocar um bilhete colado nas minhas costas a dizer: Cuidado, ser humano prestes a explodir…
-Quando elas estavam a experimentar os vestidos. Tu estavas na tua cabine a experimentar o teu. A Shaunnee experimentou um com as costas à mostra e atrás das omoplatas consegui ver um pouco de uma tatuagem branca tapada pelo cabelo comprido dela que até dava bastante nas vistas.
Sim, tinha lógica, a Shaunee tem uma pele cor de chocolate, onde seria bastante evidente uma tatuagem branca.
-Então, tentei ver algo parecido em Erin, o que foi bastante difícil pois ambas pareceram aprender com o erro de Shaunnee e não experimentaram vestidos tão ousados, optando pelo decote e não pelas costas. Então, tive de ser menos discreta e, enquanto ouvia Erin a debater-se com o fecho do vestido entrei na cabine dela descaradamente e apertei-o – Fez uma pausa – E, por mais difícil que foi, consegui distinguir a tatuagem branca em Erin também, o que acaba por nos dar mais umas pistinhas sobre o que se está a passar.
Fez-se um silêncio enquanto eu tentava assimilar as palavras de Zoey. Fazia sentido até, e ao mesmo tempo não.
-Zoey, as únicas pistinhas que me deste foram que tenho de deixar de ler livros sobre romances entre adolescentes e anjos caídos que se querem meter no meio, e passar a pegar em alguns livros de Agatha Christie e ver mais CSI.
Zoey exibia uma expressão de confusão que até me deu vontade de rir.
-Por outras palavras Z, o que eu te estou a querer dizer é que me pareceu que estavas a falar chinês comigo, porque mal consigo ver uma ligação possível naquilo que me disseste.
***
Depois de ajudar a dar os retoques finais à sala e a meter a comida na mesa, sentei-me à beira de Damien e Jack, que tinham chegado mesmo á cerca de 10 minutos para nos ajudar.
-Estou exausto Mia – Queixou-se Jack, dando um grande suspiro dramático no final.
-Bem, eu acho que preciso de tomar uns comprimidos para a dor de cabeça, alguém tem?- Perguntei olhando para um e para outro
Jack meteu a mão no ar, pedindo um momento. Abriu uma carteira que trazia consigo e tirou de lá uma caixa.
-Esses são excelentes fofinha, acaba com as dores de cabeça num segundinho.
-Obrigada Jack – Agradeci pegando na caixa.
-Não sabia que andavas com dores de cabeça Jack. Não gosto que me omitas essas coisas, sabes bem que me preocupo contigo e não quero que nada de mal te aconteça. – Resmungou com ele Damien, envolvendo mais nos seus braços.
-Oh, nada de muito mau fofinho, sabes que não tenho segredos para contigo – Tranquilizou-o Jack, aconchegando-se mais no corpo de Damien.
Oh, eles ficavam tão fofos juntinhos.
Jack levantou a cabeça e Damien baixou a sua e deram um beijo bastante apaixonado.
Acho que vou vomitar.
Virei-me logo e apressei-me a ir buscar um copo de água, fazendo fisgas para que o comprimido também fosse contra os vómitos. Engoli o comprimido e fui colocar o copo na banca da cozinha improvisada que fizemos. Quando estava a voltar, fui contra alguém que me fez cambalear para traz.
Era o professor dragão, de esgrima.
-Tem mais cuidado.
-Desculpe.
Sorriu-me e continuou caminho e eu continuei o meu, no sentido inverso ao dele.
Bem, os professores chegaram um bocadinho tarde demais para ajudar. Devem ter combinado até…
Mas que pensamentos os meus, claro que não foi esse o motivo! Eles não esperavam que nós fossemos tão responsáveis e nos despachássemos tão depressa. Claro, como não pensei nisto antes…
Vi Erik no meio dos professores e a forma como ela olhou para mim, um olhar de culpa e ao mesmo tempo de comprometido fez-me confirmar que de toda a gente que estava envolvida nesta confusão ele era aquela que necessitava de ajuda mais rapidamente.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Vencedora do passatempo Voo/O Livro Maléfico

Feliz encontro Filhas e Fuilhos das Trevas!

Já está escolhida a vencedora do passatempo do Blog As Leituras do Corvo,contou com 147 participações e a feliz contemplada é a Filipa Faria do Montijo.

Parabéns à vencedora e a todos os participantes!

Benditos sejam!

Actualização PC's Blog

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!



A nossa querida PC actualizou o seu blog para nos dar mais informações da sua tour, aqui fica o post traduzido:

Primeiro, deixe-me começar por dizer Kristin e eu não estamos a fazer tour de Awakened nos EUA. Estamos em Tulsa, no fabuloso Will Rogers High School, na terça-feira, 4 de Janeiro às 18:00 horas. Também vamos realizar muitas entrevistas e, provavelmente, algumas conversas ao vivo, etc. Mas o nosso editor dos EUA, que toma as decisões sobre as tours, decidiu que o tempo em Janeiro é muito questionável para uma tour.

Além disso, deixe-me reiterar - Kristin e eu não escolhemos os sítios da tour. São os nossos editores que organizam os nossos passeios, atendendo a coisas como o clima, mercado, e o nosso cronograma. O que significa que quando me pergunta "Por favor, oh por favor venha até ___________ algum dia?" ou "Nunca vem à minha cidade, porquê?" são perguntas às quais eu não posso responder. Eu adoraria viajar por todo o lado e viajar, viajar, viajar - mas 1) Não controlo isso (como eu disse) e 2) Se eu viajasse o tempo todo não teria tempo para escrever mais livros HoN...

No entanto, vou para a Escócia com Seoras para visitar a família, e já concordei com três eventos enquanto lá estiver. Kristin não vai poder vir desta vez, e não fui eu que escolhi os três locais, foi a minha editora britânica que o fez. Em baixo estão os locais onde vou estar e as respectivas datas. A Escócia é uma segunda casa para mim e por isso estou ansiosa para voltar a reunir-me com os meus fantásticos fãs do Reino Unido!


Quinta – feira 13 de Janeiro
10:30
Book Trust escocesa, Edimburgo (Discussão / Leitura / Q & assinatura)
Local: São 55 alto, Edimburgo, Midlothian EH1 1SR
Para mais informações consulte:http://www.scottishbooktrust.com/meet-out-authors/individual-events-programme/pc-cast

Segunda-feira 17 de Janeiro
P.m. 07:00
Stirling Waterstone’s (Discussão / Leitura / Q & A e assinatura)
Centro Cowane, Cowane Street, Stirling: Local
Para mais informações contacte Waterstones Stirling 0843 290 8615

Quinta-feira 20 Janeiro
18:30
Glasgow Waterstone’s (Discussão / Leitura / Q & A e assinatura)
Local: Waterstones, 153-157 Sauchiehall Street, Glasgow
3EW G2
Para mais informações contacte Waterstones Glasgow 0141 332 9105

Vejo-vos a todos em Janeiro!

XXXOOO
Fonte: PC's Blog

Façam figas para que os seus editores se lembrem de Portugal e incluam o nosso país na tour! :)

Benditos sejam!
PC

Fanfic: Forgiven - 35º Capitulo

- Zoey! Vem cá, rápido! – disse Stevie Rae ofegante na porta e corri atrás dela até ao templo.
- E assim, Neferet, te tiro do teu cargo de Sumo - Sacerdotisa da Casa da Noite de Tulsa e impeço-te de pertenceres a qualquer outra! – disse Nyx, no meio de todos os que estavam lá, dirigindo-se a Neferet. Olhou para mim e sorriu. Olhei para Neferet, que me olhou com raiva. Desviei o olhar para a figura que estava ao lado dela
- Deixa, querida, não precisas desse protótipo de Deusa para nada – Chronos abraçou-a por trás
- Pois não
- E tu, meu caro ‘familiar’ leva daqui a tua seguidora. Não são bem vindos aqui.
- Antes de tudo, deixa-me só falar com uma pessoa – o terrível Chronos olhou para mim que me causou um terrível arrepio.
- Que queres? – olhei-o nos olhos: grande erro. Não conseguia tirar de lá o olhar e sentia-me vulnerável
- Quero que decidas. Quero que venhas comigo
- Hum… deixa ver… queres… que eu deixe escorrer os miolos como essa aí, perca o juizinho todo que tenho, passe por maluquinha só para te seguir? Claro… QUE NÃO! Nem me perguntes isso outra vez seu… canalha! – sim senti-me tentada a dizer que sim, mas eu por enquanto ainda funciono!
- Vê como me falas minha menina! – ele avançou até mim e eu recuei, encostando-me à parede. Tocou levemente o meu pescoço, que me causou, mesmo assim, uma grande dor
- Pára! – contorci-me – E quem és tu para me chamares de “Minha menina”? Meu pai? É que nem ao meu padrasto eu admito que me chame assim! Porque é que não mexes esse rabo enfiado num vestido e te piras? – okay, apesar do momento ser tenso, algumas pessoas soltaram uma leve risada. Dei um estalo ao hipócrita que estava na minha frente, assim que me tentou tocar – Não voltes a tentar! Posso ter o meu histórico, mas não pega como essa aí – apontei para Neferet – E Já te disse! P-I-R-A – T-E! – chamei os elementos a mim, fiquei envolvida num mini tornado de fogo, logo chuva e relâmpagos surgiram, mas sem apagar o fogo. Sabia que o deixava vulnerável: afinal o único de seu filho que não conseguiu engolir fora Zeus, e Zeus era quem lançava os relâmpagos na terra, segundo a mitologia, mas não passa de uma descarga eléctrica. Senti-o retesar-se. Fiz com que um daqueles relâmpagos quase o atingisse. (Okay, nota: relâmpagos numa sala? Tipo, a sério? Eu ando cada vez mais chanfrada…) – Para a próxima não falho, “meu querido” – disse com ironia e nojo. Fiz trovejar mais uma vez
- Pronto, vou-me embora, mas voltarei, Zoey! – ele gritou, esfumando-se no ar, com Neferet agarrada. Cessei o caos na sala e encarei todos. Nyx ainda ali estava. Sorriu-me
- Meus filhos, poderia mentir-vos e dizer-vos que o que viram hoje aqui, não se repetirá, mas, no entanto, não posso garantir nada. Puderam constatar que Chronos é terrível, pelo simples toque consegue causar dor e sofrimento, mas mantenham-se fortes.
» expulsei a Neferet daqui, ela já não pertencia mais a esta casa. Sabem que vos dou livre arbítrio e espero que o usem bem, nunca irei questionar as vossas escolhas, mas, repararam no ar de ilusão dela? Ela escolheu mal. Espero que vocês não cometam o mesmo erro. Ainda, como a Neferet era a Sumo - Sacerdotisa daqui, esta casa perdeu a sua ‘directora’. Acho que é uma boa altura para dar a conhecer um novo tipo de vampyros: os vermelhos, e promover a Stevie Rae Jonhson a Sumo – Sacerdotisa, já que é uma vampyra mudada, e sabe sobre as duas espécies – pude ouvir Stevie Rae dar gritinhos de alegria – Eu mesma a irei ensinar como cuidar desta escola – a Deusa fez sinal para ela se aproximar – Stevie Rae, como o resto dos iniciados vermelhos, surgiram porque a Neferet usou os poderes que lhe concedi para tentar criar um exército de iniciados mortos vivos, felizmente, a Zoey descobriu, ajudou a Stevie Rae a passar pela mudança, e hoje aqui estão. Com isto tudo, o ritual da escola será cancelado, mas o das filhas das trevas continua de pé! Abençoados sejam!
- Abençoada Sejas – disseram todos em coro. Depois, Nyx desapareceu, deixando no templo a mesma calma e serenidade do costume
- bem… Vamos para o ritual? – perguntei. O círculo estava todo ali, por isso seguimos todos para a sala. Quando chegámos dispusemo-nos nos devidos lugares. Pude ver que Heath, Sam e Chad, se sentaram logo à frente, descontraídos nas almofadas espalhadas por ali. Sorri para Heath que retribuiu com um dos seus sorrisos mais fofos. Dei sinal a Jack que começou a música, enquanto ia dançando, ia fazendo o defumadouro, pedindo que todas as más energias se libertassem e que Nyx nos enchesse de esperança e calma nas nossas vidas.
Quando peguei na vela roxa para acender as outras comecei
Ar, que se não existisses, nós não estaríamos aqui,
Preenche-nos de leves brisas aconchegantes no começo deste novo ano,
Que já tão diferente já dá sinais de ser.
Ar, chamo-te a este círculo
Pôde-se sentir o ar, levemente aquecido, com a temperatura do sul, encher a sala e relaxar-nos em muito os corpos e as mentes, assim que acendi a vela de Damien, que sorriu
Fogo, sem ti, nunca antes as espécies humanas e vampyras tinham evoluído tanto como evoluíram
Sem ti, o frio consumia-nos, contigo podemos sentir-nos preenchidos,
Tens uma bravura enorme, e, por isso, peço-te que venhas a este círculo, nos dês coragem para enfrentar mais um ano, mais uma etapa nas nossas vidas
Acendi, ou melhor, deixei que a vela de Shaunee se acendesse, e logo o corpo de Shaunee brilhou como nunca antes. Pudemos ouvir o seu par a sussurrar para o lado “É mesmo uma brasa”, e nós soltámos uma leve risada
Água, que tanto estás no mar, como nos rios, como no ar, até nos nossos corpos,
Sem ti, não poderíamos existir, porque fazes parte de nós,
Ajuda-nos neste novo ano a alcançar os nossos objectivos, como alcanças a costa por uma simples onda
Água, convoco-te a este círculo
Erin sorriu, ao sentir-se refrescada pela calma da água, que fazia pequenas ondinhas a nossos pés, que fazia as nossas roupas ondularem como se estivéssemos submersas
Terra, tu que nós dás o alimento,
Que nos sustentas todos os dias, todas as horas,
Dá-nos a tua força para continuar a lutar, para continuarmos a caminhar de cabeça erguida
Terra, invoco-te a este círculo
Sorri para Stevie Rae. Pude sentir a felicidade que irradiava dela. Stevie Rae estava totalmente embriagada pela alegria de ser a nova Sumo – Sacerdotisa da casa da noite. Quer dizer, ela só tem dezassete anos! Mas o seu cargo iria ser dividido com Lenóbia, para que as decisões fossem melhor pensadas. A vela acendeu-se e um cheirinho a trigo e a flores encheu o espaço à nossa volta.
Por último, chamo o espírito a este círculo,
Que nos mantenha cientes dos nossos actos, que nos dê coragem para atingirmos os objectivos para este novo ano,
Que nos encha com todos os elementos, e nos dê protecção a cada dia
Fui até ao centro do círculo e ergui a vela à altura dos ombros, fi-la brilhar mais e depressa o tão conhecido remoinho de elementos se espalhou pela sala. Do ar ouviram-se uns wow s de felicidade, no chão via-se a fina luz prateada que ligava cada elemento do círculo e o mantinham perfeito e em harmonia. Pousei a vela
- Este ano vai ser de muitas felicidades, mas também terá os seus momentos difíceis. Sei que para alguns, a saída de Neferet foi uma surpresa, mas se Nyx assim o entendeu, temos que respeitar. Quero anunciar que, quem se sentir consciente dos seus actos, e quiser participar no conselho, estarão dois, agora três, lugares disponíveis. Precisamos de alguém que represente a terra, já que a nossa Stevie Rae, agora vampyra mudada, foi ‘promovida’ a Sumo – Sacerdotisa desta casa da noite, pela sua experiência de vida e adoração a Nyx. Sei que foi muito difícil para ela escolher o bem, vi a sua dúvida entre seguir a sua Deusa ou a sua Natureza, enquanto ainda não estava mudada. Por isso, Stevie Rae, acho que te desejamos a ti e aos teus iniciados, Bem vindos! Também, como o conselho precisa de sete membros, para que nas decisões não haja empates, precisamos quem ocupe o lugar antes ocupado pela Afrodite e pelo professor Erik Night, que mudou recentemente. Os ideais para se juntarem às filhas das Trevas, ou para continuarem, estão sempre por cima dos blocos de cimento, no pátio. Basta darem o vosso nome a um dos membros que discutiremos a vossa posição.
Depois de mais algumas palavras, despedi-me dos elementos, fechando o círculo.
- Que este ano seja bom para todos vós, que traga muitas felicidades às vossas vidas! Benditos sejam! – disse
- Bendita sejas! – responderam todos. A minha barriga foi atacada por uma fome enorme.
- Que faz… - ia perguntar Sam
- Comer! – respondi. Todos se riram da minha expressão desesperada. A verdade é que já me doía a barriga da fome e que sem dúvida nenhuma, se não comesse, iria ficar doente.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

O Diário de um Vampiro Banana, Tim Collins

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Dou-vos a conhecer um livro de que gostei muito, não só o título chama à atenção como também o conteudo. É um livro bastante engraçado, acreditem, afinal "os mortos-vivos também se apaixonam".



Ilustrações: Andrew Pinder
Traduzido por: Dulce Afonso

Sintese:
Nigel Mullet é apenas um vampiro normal. Transformado aos 15 anos, o Nigel vai permanecer com esta idade para sempre, obrigado a lidar com os eternos problemas da adolescência: acne, voz de valsete e falta de jeito para as raparigas.
Neste seu hilariante diário, o Nigel escreve pequenas crónicas sobre as suas desesperadas tentativas de chamar à atenção do amor da sua vida, Chloe; do constante embaraço causado pelos seus pais vampiros (que tentam morder os seus amigos) e de como é injusto estar morto há mais de 80 anos e nunca ter tido uma namorada.
Debatendo-se com o seu constante e confuso desejo de afundar os caninos no pescoço de Chloe, será que o Nigel vai conseguir conquistar a sua miúda?

Uma boa sugestão para um presentinho de Natal não?
Espero que gostem! :)

Benditos sejam, e que Nyx vos acompanhe!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Hunted no Chile

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Bem, venho hoje trazer-vos uma pequena curiosidade. O 5º livro da saga, Hunted, em português Perseguida, foi lançado agora no Chile com o titulo "Atrapada". Será que o facto de o Chile ir mais atrasado que nós nos lançamentos dos livros vos dá algum consolo? x')


Que Nyx vos abençoe!

Fonte

O Essencial para cada iniciado da Casa da Noite - Elementos - Terra

Feliz Encontro Filhos e Filhas das Trevas



Para chamarmos o Elemento Terra ao Círculo é preciso acender uma vela verde. A pessoa que segura a vela deve estar virada a Norte.
Nyx deu a afinidade com a Terra a Stevie Rae, (spoiler alert) mas quando a Stevie Rae já não conseguia estar no Círculo, Nyx deixou Aphrodite ficar com o lugar dela temporariamente.
Quando a Zoey está a invocar o Círculo, ela e Stevie Rae/Aphrodite conseguem cheirar e sentir campos de trigo como se estivessem no meio de um.
A Terra é sempre chamada em quarto lugar e libertada em segundo.

Terra, casa e origem da humanidade, é muitas vezes venerada. Tal como os outros elementos, a Terra pertence aos elementos adorados pela Wicca, tal como por outras religiões antigas e/ou modernas.

Espero que tenham gostado.
Que Nyx vos acompanhe! ;)

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Wallpaper da saga

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

A  Naty, fã da saga, enviou para o blog Hon brasileiro este wallpaper que eu decidi partilhar convosco!


E aí? Que acharam?
Enviem-nos também vocês os vossos trabalhos sobre a saga para o email jwalter2412@gmail.com.

Benitos sejam!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Data de lançamento de Seduzida

Olá Filhos e Filhas das Trevas!


Segundo o Facebook da editora Saída de Emergência, o livro Seduzida sairá dia 11 de Fevereiro de 2011. Longe, mas ao menos já há data :P


Que Nyx vos abençoe!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Fanfic: Confused - Capitulo 19

Capítulo 19

Mal cheguei à sala de convívio, apercebi-me de que a minha ajuda pouco era necessária. Bem, acho que o mais correcto é dizer desnecessária, já estava tudo pronto. Absolutamente…
As paredes estavam revestidas de fotografias de alunos da Casa da Noite e bastantes cartazes com umas frases como:
“Sente o ritmo da música e mexe-te com ela”
E ainda um pano decorado com as tatuagens dos vampes adultos a dizer:
“Bem-vindo ao 1º Aniversário comemorado da Casa da Noite”
Ao fundo via-se uma mesa enorme cheia de pratos com comida e ainda um palco.
O chão estafa revestido com uma alcatifa azul esmeralda e no no tecto encontrava-se uma bola de discoteca.
Aquilo estava um espanto.
Vi Zoey e as gémeas reunidas a um canto, à beira da janela. Ambas estavam lindíssimas com os vestidos que tínhamos comprado hoje de manhã.
-Parabéns meninas! – Congratulei-as abraçando-as.
-Está fixe não está? – Perguntou Zoey olhando à volta da sala.
-Um espectáculo – Confirmei.
-É pena teres chegado quando nós acabamos. – Lamentou Shaunee e lançou-me um olhar fulminante. Mas era obvio que estava na brincadeira.
-Vá lá gémeas, ambas sabem que ela estava muito ocupada.
-Sim gémea, tens razão, temos de compreender.
Olhei para uma e para outra e rimo-nos. Era obvio que elas se estavam a referir a Tiger.
Afrodite, que estava do outro lado da sala a pendurar emas meias luas em cartolina prateada, aproximou-se de nós.
-Uau Mia, tu candidataste-te ao anúncio?
-Não
Ela ficou a olhar para mim pasmada.
-Então ele deve ser um sortudo ah? – Disse erguendo as sobrancelhas.
Olhou-me de cima abaixo tal como Tiger fez e como me parecia que toda a gente fazia. Será que não me podiam deixar um bocadinho em paz hein? Quer dizer, já ninguém se pode vestir bem para um baile?
-A Mia acabou de chegar, não podiam poupa-la um bocadinho? – Defendeu-me Zoey, pondo as mãos nos meus ombros e encaminhando-me para fora da sala.
Passamos a porta e senti a brisa quente bater-me na cara. Estava uma noite mesmo óptima, até era uma boa ideia pôr-se musica ali fora.
As folhas das árvores mal abanavam e, quando olhei para o céu que se estendia por cima delas, verifiquei que estava mais estrelado do que nunca. Era uma noite perfeita, talvez hoje há noite pudesse viver momentos perfeitos e descobrir as respostas aos meus problemas.
-Então o que se passa Z? – Perguntei-lhe
Ela riu-se.
-Nada de especial, para variar um bocadinho. Queria só que soubesses que elas não se estavam a referir ao Erik mas sim ao Tiger. Vimos-vos lá fora.
-Já calculava
O silêncio instalou-se e senti más vibrações emanarem dela.
-Há algo que tens de saber Mia – disse finalmente.
Afinal, ela ia contar-me alguma coisa “especial”.
-O que se passa Zoey, conta!
Sentamo-nos há beira de uma árvore. Ela respirou fundo e encarou-me.
-Estive a pensar e, acho que esta noite não nos pudemos divertir tanto como nas outras.
-Que queres dizer com isso.
-Tu tinhas razão, o ataque de Melody foi algo grave…
-Sim, eu sei – Interrompia – E tentei dizer-vos isso , mas toda a gente me ignorou…
-Escuta – Desta vez foi ela que me interrompeu. Olhava para o vazio, observava algo que eu era incapaz, que ninguém era capaz. – Eu falei com as gémeas e elas descaíram-se. Elas disseram alguma coisa do género: “Zoey, aquilo fazia parte do plano que nos deram!...”
-Plano que lhes deram? Quem lhes deu aquele plano? E porque aceitaram?
-Foi o que lhes perguntei, mas elas disseram que não me podiam dizer, que não me podiam contar por mais que quisessem. Que era para meu bem, para não me envolverem naquilo. Que elas tinham entrado nalgo que não tinha saída.
Esperei uns segundos a reflectir.
-Pode ser perigoso – Observei
-Pode – Confirmou
-A Neferet pode estar envolvida.
O vento começou a bater com mais força e a ficar mais frio. Envolvi os meus braços em redor dos meus ombros.
-Também é uma hipótese.
-O Erik agora também deve estar
-Isso é quase certo.
As folhas das árvores começaram a abanar e uma caiu mesmo à nossa frente. Já estava com um tom acastanhado, porém via-se ainda um rasto da sua tonalidade verde nas pontas.
-Então o que é?
-Não sei bem, mas estou a ponderar que elas estejam a passar por uma transformação ou algo assim, tal como a Steve Ray entendes?
-Como é que isso é possível?! Os vampyros vermelhos já são uma excepção à regra, agora isto…Porque pensas isso?
Zoey respirou bastante fundo.
-Elas têm tatuagens brancas – Acabou por dizer.
Tatuagens.
Mais uma raça de vampyros.
Mais um problema.
Mais uma noite que não será tão perfeita como aparentava vir a ser.

O Vampiro Lestat, Anne Rice

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Tenho o prezer de vos dar a conhecer mais uma sugestão literária da grande escritora Anne Rice! Este livro, "O Vampiro Lestat" é o segundo volume da série Crónicas Vampirescas, um dos grandes clássicos da autora. Para relembrar, o primeiro volume destas Crónicas foi A Entrevista com o Vampiro!
Publicado pela primeira vez, em inglês, no ano de 1985, este livro narra a história do vampiro Lestat de Lioncourt, sendo, este, um dos personagens mais carismáticos da autora.




Sinopse:
Apesar do sucesso imediato atingido com o clássico Entrevista com o vampiro (1976), foi com a publicação de O vampiro Lestat (1985), o segundo volume das Crónicas Vampirescas, que a escritora Anne Rice se transformou num fenómeno literário. Hoje, a autora, conta com uma extensa coleção de best-sellers e uma legião fiel de fãs em todo o mundo. E sua criatura mais famosa segue o exemplo. O vampiro Lestat é como um Michael Jordan da literatura gótica. Tem newsletter própria e os mais diversos produtos com a sua marca — de bonecos a vinhos nobres.

Um dos motivos para isso foi o timing perfeito do lançamento de O vampiro Lestat, em plena época de romantismo pós-punk, e o sabor pop adicionado à trama. Desperto nos anos 80, depois de passar meio século em hibernação, Lestat aborrecesse-se ao passar por uma livraria e encontrar Entrevista com o vampiro à venda. Ele quebra o código de silêncio dos vampiros ao escrever a sua história e se transformar numa estrela do rock, enfeitiçando milhares de fãs.

Narrado em forma de autobiografia, o romance acompanha o vampiro através dos séculos enquanto ele procura a sua origem e um significado para a sua existência. Ao invés da figura sombria descrita pelo vampiro Louis no primeiro volume das Crônicas Vampirescas, encontramos um Lestat de Lioncourt simpático, sedutor, romântico e até moralista.
O livro retorna à França pré-revolução. Passamos do mundo aristocrático da infância de Lestat, ao seu "eu" como actor no mundo cénico de Paris até sua transformação em vampiro. A partir desse momento ele vai procurar perceber quem é e de onde vem. Como um detective, sai em busca de pistas que o levarão aos vampiros ancestrais, o elo perdido dos bebedores de sangue. Nessa procura, porém, ele também encontrará muitos inimigos. O predador é transformado em presa.

Espero que gostem :)

Benditos sejam, e que Nyx vos acompanhe!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Passatempo Voo/O Livro Maléfico

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Abriu um passatempo no Blog As Leituras do Corvo de livros que já estava para vos sugerir e como o passatempo foi postado ontem, mas acaba já no dia 17 de Dezembro, posteriormente, publicarei a sinopse de cada um deles e uma eventual crítica. Por agora deixo-vos com as instruções do passatempo.



Porque estamos em época de partilha, o blogue As Leituras do Corvo, em parceria com a Editorial Presença, tem para oferecer 1 pack formado por um exemplar do livro Voo, de Angie Sage e um exemplar de O Livro Maléfico, de Magnus Myst. Para participar basta responder às seguintes questões:


1. Como se chama o primeiro livro da série de que Voo faz parte?

2. Em que colecção está inserido O Livro Maléfico?

3. Que outra série de Angie Sage foi publicada pela Editorial Presença?

Regras do Passatempo:

- O passatempo decorrerá até às 23:59 do dia 17 de Dezembro. Respostas posteriores não serão consideradas.

- Para participar deverão enviar as respostas para carianmoonlight@gmail.com, juntamente com os dados pessoais (nome e morada);

- O vencedor será sorteado aleatoriamente entre as participações válidas;

- Os vencedores serão contactados por email e o resultado será anunciado no blogue;

- Só se aceitarão participações de residentes em Portugal e apenas uma por participante e residência.



Benditos sejam!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Actualização PC's Blog

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!



A nossa querida PC actualizou o seu blog deixando-nos com uma foto dela e da filha montado a cavalo e aproveitou para dizer onde vai estar brevemente.

Aqui faca o post Traduzido:

Sei que alguns de vocês estão com um tempo horrível (Olá meus amigos no Reino Unido), mas foi lindo em Oklahoma hoje. Kristin e eu fomos dar um passeio encantador. Estou no meu Super Mare, Anjo, e Kristin está montando o cavalo castrado do Seoras, Okie Dodger (Seoras tirou a foto).

Falando do Reino Unido - pessoal  eu vou estar lá em Janeiro! Vou fazer três eventos na fabulosa Escócia: Glasgow, Edimburgo e Sterling. Vou postar as datas exactas, horários e locais assim que eu os tiver. E vamos esperar que a Escócia derreta um pouco por aí ...

XXXOOO


PC

Fonte PC's Blog

Ela bem que poderia também vir a Portugal, não acham? :b

Benditos sejam!

Passatempo Seduzida - Gafe

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Só vos quero avisar que foi acrescentada a personagem Heath para caracterizar. Peço desculpa, gafe minha.


Que Nyx vos abençoe!

Fanfic: Forgiven - 34º Capitulo

- Zoey, Zoey!
- Hum…
- Não vens? – abri os olhos e vi Chronos, a convidar-me a juntar-se a ele e a Neferet
Sentei-me no sofá a arfar. Doíam-me as costas e o pescoço
- Calma, Zo… Foi só um pesadelo… - disse Heath, afagando-me os cabelos
- Que horas são? – perguntei ensonada
- Cinco da manhã
- Daqui a duas horas é o recolher.
- Ainda há tempo para muita coisa até lá – ele disse, dando-me um beijinho no topo da cabeça. Olhei para ele e senti-o aproximar-se
- Onde estão todos? – perguntei, fixa nos seus olhos
- As gémeas subiram, o Jack e o Damien saíram para dar uma volta, o Chad, a Sam, a Stevie Rae e a Afrodite estão lá no quarto
- Como foi o filme?
- Passaste o filme a dormir. E eu passei-o a olhar para ti – corei enquanto ele me fitava intensamente
- E gostaste?
- Adorei
- Hum… - baixei o olhar
- Zo… Queres ir lá fora um bocado?
- Hum… claro – respondi. Levantei-me e fui da direcção do muro oriental. Subi para lá, sempre poderia relembrar a primeira vez que bebi de Heath. Ele sentou-se na minha frente. No ramo da árvore perto de nós estava Loren em gato. ‘Posso ficar?’ perguntou-me ‘Não!’ respondi. Ele baixou o olhar e desceu. Seria totalmente constrangedor se Loren ficasse ali.
- Zoey… Hum… Posso?
Nem lhe dei resposta. Avancei. Juntei-me mais a ele e olhei-o de frente, de modo intenso, nos olhos. Ele aproximou-se para me beijar, mas resolvi brincar com ele
- Se queres, vai ter de vir buscar! – sorri.
Saltei do muro e comecei a correr. Pude ouvi-lo a descer e a começar a perseguir-me
- Vai mais devagar! – ele pediu. Sim, eu ia bastante rápido. É um dos dotes de se ser Iniciado, tem-se uma extra velocidade
Diminui a velocidade. Quando vi que ele me ia apanhar, virei-me e comecei a correr de costas, sorrindo para ele. Bem, não teve um grande resultado. Tropecei, caí de rabo na neve. Heath, que vinha a correr com grande velocidade, não conseguiu parar e caiu por cima de mim.
- Apanhei-te! - sussurrou-me ao ouvido, com a voz rouca, que me causou um arrepio e fez subir a minha temperatura vários graus
- E o que se segue? – ergui uma sobrancelha
- Isto – ele rapidamente avançou para mim
- Oh olha, uma estrela cadente, vamos pedir um desejo! – empurrei-o para o lado. Ele suspirou por eu me estar a fazer de difícil. Sentou-se a meu lado e olhou para o céu, pensativo
“Quero ser feliz com o Heath” desejei
“Quero ser feliz com a Zoey” desejou Heath
- Eu ouvi
- O quê?
- O teu desejo… Sei ler pensamentos
- Isso é batota…!
- Não, não é! Queres ver? Chega aqui – puxei-o pela gola da camisola e deixei as nossas bocas a centímetros. Podia sentir o seu hálito quente na minha cara. Fechei os olhos e inspirei fundo. Voltei a abri-los e olhei para Heath, que tinha a respiração acelerada. Beijei-o
Ao principio um simples beijo, que logo foi avançando, para um beijo quente e apaixonado. Ficámos ali uns bons dois minutos, até que eu parti o beijo.
- Já és feliz? – perguntei junto do seu rosto
- Sim
- Então o meu desejo também se realizou – sorri. Ele veio outra vez até mim e beijou-me
***
- Ai Zoey, conta lá!
- Sim, eu quero saber!
Samantha e Stevie Rae estavam a implorar que lhes contasse a noite anterior. Peguei no secador e comecei a enxugar o cabelo. Ao mesmo tempo contei a história.
- O teu cabelo já está seco – Sam puxou o cabo do secador, desligando-o
- Ai, está bem, está bem!
Sentei-me na minha cama de pernas cruzadas e com Nala ao colo. Fui-lhe fazendo festas enquanto começava a dizer-lhes como fora ontem.
- Então… Acordei encostada a ele, falámos um pouco, depois fomos lá para fora. Sentámo-nos no muro e aproximámo-nos. Eu quis brincar um bocadinho com ele e comecei a correr. Depois virei-me, corri um pouco de costas, mas acabei por tropeçar e cair. Ele caiu por cima de mim e quando ia para me beijar, empurrei-o para o lado porque tinha visto uma estrela cadente no céu. Pedimos um desejo e depois puxei-o para mim e beijei-o. Parámos, mas ele beijou-me outra vez…
Elas gargalharam – Começaste a correr?
- Sim! Queria picá-lo!
- Muito bem, dona Zoey – Stevie Rae, mandou-me uma almofada à cara
- Que piada! Vamos mas é descer, estou a morrer de fome! E oh menina Sam! Que foi aquilo ontem à noite?
- Até parece que não sabes – ergueu uma sobrancelha. Rimo-nos todas e descemos
Após o meu pequeno almoço cheio de chocolate dos cereais, o grupo reuniu-se na sala para fazermos o círculo uma vez antes do ritual.
Correu lindamente, e o resto do dia, até ao Ritual da Lua Cheia correu lindamente. Sempre dum lado para o outro, mas valeu a pena. No final estava tudo perfeito.

"Tratado de Vampirologia do Dr. Abraham van Helsing", de Édouard Brasey

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Mais um livro vos sugiro, sendo que desta vez sai um pouco dos padrões de livros de vampiros actuais, em que estes se encontram integrados na sociedade. Este, por outro lado, volta-nos a trazer as características de criaturas tenebrosas descritas por  Dram Stoker. Uma leitura um pouco diferente para os amantes de caçadores e vampiros com aversão a alho e estacas de madeira.
A sinopse vem tamém acompanhada de uma critica retirada do Blog As Leituras do Corvo.



Sinopse:
Os vampiros existem? Que formas tomam para seduzir os homens? Que armas podem destruí-los?
É a estas difíceis perguntas que este Tratado responde. Obra redigida no início do século XX pelo grande caçador de vampiros, o Dr. Van Helsing, que venceu o Conde Drácula.
Este genuíno livro é uma obra bem documentada sobre todos os aspectos do vampirismo, tal como a História, as lendas, o folclore, as crenças e as superstições nos apresentam. Antigos tratados e modernas fábulas, pela pena de Poe, Hoffmann ou Calmet, completam esta obra.
Um livro-de-cabeceira indispensável, com um lugar garantido entre o crucifixo, o terço e alguns dentes de alho.
Crítica:
Vampiros. Criaturas tenebrosas que se alimentam do sangue dos humanos que imprudentemente se deixam seduzir. Entidades inerentemente malévolas e que, como tal, devem caçadas. São estes seres o tema deste tratado que, pela voz do proeminente caçador de vampiros que terá posto fim ao infame conde Drácula, pretende explicar aos seus leitores a forma de evitar e, se possível, eliminar tais criaturas.
Numa época em que o mito vampírico tem sofrido progressivas alterações no sentido de uma figura mais humanizada, é sempre interessante encontrar um livro como este, em que os vampiros são apresentados como as criaturas malévolas e monstruosas dos clássicos. Sendo uma boa parte desta espécie de "guia para caçadores de vampiros" apresentada pela voz de Abraham Van Helsing, é particularmente interessante notar como, ao longo do texto, as referências ao enredo de Drácula, bem como a alguns traços de personalidade do próprio Van Helsing, acrescentam um tom mais pessoal a explicações tão diversas como as origens dos vampiros ou a hora ideal para os eliminar.

Não se trata de um livro particularmente extenso ou exaustivo, nem de um tratado que explique detalhadamente as origens do mito vampírico. Não me parece que seja esse o objectivo. Ao longo de todo o livro, e principalmente da parte atribuída a Van Helsing, os vampiros são apresentados como se de seres reais se tratassem, pelo que a apresentação destes acaba por se centrar mais no que uma potencial vítima ou um possível caçador teria de saber sobre o assunto. Ainda assim, é de referir a parte final do livro, dedicada à presença dos vampiros na literatura, onde contos de Poe e Hoffman, entre outros, representam uma interessante parte da presença na literatura de uma temática que é, afinal, intemporal.

Interessante, ainda que não muito pormenorizado, um livro que introduz alguns conceitos interessantes na temática dos vampiros e que, ao dar uma intrigante voz ao Dr. Abraham Van Helsing, recupera, de forma bastante curiosa, o vampiro enquanto criatura desumana.

Benditos sejam!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Passatempo Seduzida

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Abrem hoje as inscrições para o passatempo Seduzida e ficarão abertas até dia 31 de Janeiro de 2011. A data foi dada pela editora e continuamos sem saber a data de lançamento do livro, mas mal tenhamos novidades diremos.

O passatempo consiste em vocês criarem o vosso elenco de sonho. Sim, leram bem! Neste passatempo vocês terão que escolher o actor ideal para fazer de Zoey, Stevie Rae, Erin, Shaunne, Damien, Erik, Stark, Heath, Neferet, Kalona, Afrodite, Darius e Sylvia Redbird.

Devido à subjectividade do tema, os dois vencedores serão seleccionados por sorteio, sorteio esse que ficará ao encargo da editora. O meu papel será apenas excluir as pessoas que criarem um elenco em que pelo menos um dos actores não corresponda à discrição feita no livro.


Informação essencial e/ou de perfil obrigatório:

  • O passatempo termina dia 31 de Janeiro de 2011.
  • Deves apenas caracterizar a Zoey, Stevie Rae, Erin, Shaunne, Damien, Erik, Stark, Heath,Neferet, Kalona, Afrodite, Darius e Sylvia Redbird.
  • As escolhas devem ser fieis ao livro.
  • Só é permitida uma inscrição por pessoa.
  • As imagens devem ser enviadas em Word ou PowerPoint.
  • O e-mail deve conter o titulo "Passatempo Seduzida", e o vosso Nome (primeiro e último), Idade e Localidade para casadanoitept@gmail.com.
  • Os dois vencedores receberão um exemplar Seduzida.

Que Nyx vos abençoe!

Queimada no sétimo lugar

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Estava a ver o Blog House of Night Brasil quando me deparo com a notícia publicada no twitter da editora Novo Século, que o livro queimada encontra-se no top dos livros mais vendidos! Aqui ficam as imagens para conferirem. 







Benditos sejam!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

"O Beijo das Sombras", de Richelle Mead

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Hoje deixo-vos com uma sugestão literária juntamente com uma crítica feita pelo Blog As Leituras do Corvo.


Sinopse:
A primavera chegou à Academia de São Vladimir, e Rose Hathaway está quase a graduar-se. Chegou também o momento em que Rose tem de lidar com os seus pensamentos cada vez mais sombrios, o seu comportamento errático, e pior que tudo, ela acha que anda a ver fantasmas... Tudo isto porque teve de matar os seus primeiros Strigoi. E enquanto Rose põe em dúvida a sua própria sanidade mental, novas complicações se avizinham: Lissa recomeça as experiências com a sua magia, o seu inimigo Victor Dashkov pode ser posto em liberdade, e a relação proibida de Rose e Dimitri aquece mais uma vez. Mas quando uma ameaça mortal que ninguém podia prever transforma todo o seu mundo, Rose terá de arriscar a própria vida e escolher entre as duas pessoas que mais ama.


Crítica:
Depois de, no livro anterior, a componente romântica ter tomado um papel de destaque, em O Beijo das Sombras, Richelle Mead regressa aos elementos que mais cativaram no primeiro volume desta série. Acção na medida certa, situações de tensão e mistérios aparentemente inexplicáveis são apenas parte do atribulado percurso de Rose ao longo deste livro. Ao ter de lidar com a morte de Mason, a protagonista revela, ainda que apenas quando não o pode evitar, que também ela tem fragilidades e um percurso de crescimento ainda a percorrer. Também Rose falha, e a situação improvável em que acaba por se descobrir (fantasmas incluídos) acaba por ser causa de uma solidão intensa, quebrada apenas pela progressiva proximidade com Dimitri, o que acaba por alimentar um certo elo de empatia.

Mas nem só de Rose vive a história e, se há, de facto, algum romance presente, este perde impacto face à quantidade de teorias, revelações e surpresas que são apresentadas ao longo do enredo. Com uma escrita fluída e uma história envolvente, a autora acrescenta novos desenvolvimentos quer ao seu mito vampírico quer a personagens que julgamos conhecer na perfeição. E também a história vai ganhando intensidade à medida que a situação se torna mais negra, para culminar num final surpreendente, emotivo e que deixa muitas perguntas acerca de como a autora poderá dar seguimento à história.

Intenso, viciante, cheio de acção, mas também marcante pelos seus momentos emotivos, um livro cheio de revelações... mas que abre portas a muitas novas perguntas.


Enviem-nos também as vossas sugestões para o email  jwalter2412@gmail.com!
Benditos sejam!

Universo dos Vampiros, Jonathan Maberry.

Olá, Filhas e Filhos das Trevas!

Como estamos pertinho do Natal temos de escolher as nossas prendinhas. Por isso, trago-vos, hoje, uma sugestão literária.

Um livro de Jonathan Maberry, autor que já ganhou vários Bram Stoker's Awards.




Sinopse:
Eles invadem os pesadelos e assombram as horas insones. Esses seres são os nosferatu, os lobisomens, os demónios e os mortos-vivos que estão à espreita na escuridão. O autor apresenta as criaturas dos seus piores pesadelos, incluindo monstruosidades centenárias do folclore e do mito e as atrocidade tiradas das manchetes. Não se trata apenas de predadores vampíricos tradicionais, mas também de espíritos malignos, demónios, fantasmas nefastos, homens bestiais, cães do inferno e monstros do lago que anseiam por carne humana.


Benditos Sejam, e que Nyx vos acompanhe! :)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O essencial para cada iniciado da Casa da Noite - elementos - Água

Feliz encontro Filhos e Filhas das Trevas

Candle_Water (passar o rato por aqui);

O Elemento Água é chamado ao Círculo acendendo uma vela azul. A pessoa que segura a vela está virada a Oeste. Na Casa da Noite, foi a Erin que recebeu de Nyx, o dom da afinidade com a Água. Quando a Zoey esta a chamar o círculo, ela e a Erin sabem que a água está presente, quando sentem o cheiro a ocenao a rodeá-las e parece que ondas estão a rebentar nos seus pés, apesar de estar sempre seco. A Água é sempre chamada em terceiro lugar ao Círculo e também é libertada em terceiro lugar.

Agora um bocado sobre a água na vida real:

A Água é um dos elementos clássicos, fez e ainda faz parte de várias culturas, como na Grécia Antiga, a Panchamahabhuta na Índia e o Wu Xing na China.
Em culturas mais contemporâneas é normalmente associada a qualidades como a emoção e a intuição. Mais uma vez, este elemento também faz parte da Wicca.

Benditos sejam! ;)

P.S. Se querem ver magia a acontecer, passem o rato por cima da imagem. ;)

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Excerto e audio de dois capitulos de Awakened

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

A autora da Casa da Noite, PC, lançou um excerto do livro. Vou apenas deixar o link, não traduzirei devido aos spoilers que eu possa ver, já que só li os livros lançados em Portugal. Vão aqui.

Se quiserem ouvir os dois primeiros capítulos, vão aqui para o primeiro e aqui para o segundo.


Que Nyx vos abençoe!

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fanfic: Confused - Capitulo 18

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Venho por este meio avisar que a fanfic não foi postada a semana passada pois deu erro de envio e a autora só se apercebeu hoje.


Capítulo 18


Mal cheguei à escola fugi para o meu quarto. Não queria nada encontrar Erik depois daquela conversa da treta.
Despi-me e enfiei suavemente o vestido vermelho vivo que havia comprado. Não demorei muito tempo a contemplar-me no espelho, passei logo para a parte do cabelo. Apanhei num puxo e deixei algumas madeixas soltas. Encaracolei-as ajeitei a repa para o lado, alisando-a. Coloquei uns brincos e uns saltos altos (não muito altos!). Corri para a caixinha da maquilhagem e apliquei um pouco de gloss e lápis preto.
Perfeito, pensei para comigo.
Sorri para o reflexo da rapariga jeitosa que se encontrava a minha frente.
-Nem te reconheço! – Disse-lhe(me)
Mandei uma mensagem a Afrodite e sai do quarto para ir ajuda-la com os toques finais na sala do baile.
Mal desci as escadas passei pelo grupo de Barbie que estavam igualmente a cochichar.
Parecia um Dejá Vu.
Ela olhou-me com o igual desagrado que fez na primeira vez e sussurrou qualquer coisa à ruiva que estava ao lado dela. Ambas de riram e lançaram-me um sorriso de troça.
Não vou perder tempo com elas, eu sei que estou fantástica!
Eh lá pareço a Barbie ou a Afrodite.
Mesmo quando estava a dobrar a esquina para abrir a porta que dava acesso ao exterior e que separava o dormitório das raparigas do resto da escola, senti alguém a puxar-me o braço.
-Se eu fosse a ti não ia a essa treta de baile.
Barbie parecia ter uma expressão série, mas os seus olhos escondiam uma escuridão tenebrosa.
-Também acho o baile uma treta, mas não vai ser por isso que não vou.
Brindei-a com um sorriso e sai dali. A noite estava curiosamente quente e agradável para aquela altura do ano. As folhas das árvores pareciam estátuas, não se mexiam. Isso comprovava a ausência de vento. Decidi fazer o caminho que passava pelo moro de pedra que rodeava a casa. Estava mais iluminado e parecia ser à prova de ataques.
Bem, depois do baile as gémeas iam ter muito de explicar.
Relaxa, disse a mim mesma. Estava ali para preparar um baile no qual me ia divertir muito e votar vezes sem conta na Afrodite para aquele anúncio. Tinha de estar calma.
Inspirar
Expirar
Inspirar
Expirar
Inspirar
Expirar
Inspi…
-Olá Mia
Gritar!
-Que susto Tiger! – Repreendi-o colocando a mão no coração e acabando de inspirar
Ele riu-se.
-Não era a minha intenção assustar-te
Os olhos dele percorriam-me de cima abaixo. Senti um nó na barriga e as minhas bochechas a ficar vermelhas.
Eu não devia ter vestido este vestido, ou pelo menos já.
Mordi a bochecha.
-Uau, estás um espanto – Afirmou
-Obrigada. – Sussurrei em pânico.
-Então, uma rapariga assim vestida não pode aparecer no baile sozinha – Brincou e brindou-me com um olhar atrevido e um sorriso travesso.
Avançou mais na minha direcção até ficar completamente debaixo do candeeiro. A luz deste iluminava-lhe mais o seu rosto perfeito. Os seus olhos adquiriram uma tonalidade verde água, quase transparentes.
-Eu não vou sozinha – Informei-o.
De repente pareceu que tinha sido apanhado completamente de surpresa.
-Quem é a minha concorrência? Não me avisas de nada?
Dizer aquelas palavras até me ia saber bastante bem para lhe mostrar que também lhe podia dar uma tampa.
Mas não tinha a certeza delas.
Até acho que preveria ir com o Tiger.
Ele parecia mais seguro do que a mensagem estranha que Erik me havia mandado.
-Não tens. – Sussurrei, arrependendo-me imediatamente daquelas palavras. Era a mesma coisa que dizer : “Sim Tiger, vou contigo ao baile!”
Ele aproximou-se de mim até que tivéssemos apenas alguns centímetros de distância. O suficiente para sentir o seu hálito quente e reconfortante a bater contra a minha pele. A sua mão tocou-me na face e deslizou para o meu ombro e cintura.
E, quando pensei que me ia finalmente beijar, afastou-se e disse:
-Então até logo.
E desapareceu na escuridão.
Bem mas, vou ao baile com dois rapazes?

Sociologia dos Vampyros - Sexualidade e Sede por Sangue

Olá Filhas e Filhos das Trevas!

Hoje, esta "aula" será sobre a Sexualidade e a Sede por Sangue.

Apesar de a necessidade depender da idade, do sexo e da força em geral de um Vampyro, os adultos devem, periodicamente, alimentar-se de sangue humano para continuarem saudáveis. E assim, com a evolução, e com a nossa amada deusa, Nyx, o processo de beber sangue trás prazer, tanto para o Vampyro como para o humano. Quanto mais velho é o Vampyro, mais endorfina será libertada durante o processo, e, assim, mais intenso será o prazer sentido pelo humano e pelo Vampyro.
Os Vampyros especularam, à séculos, que o êxtase de beber sangue é a principal razão para os humanos difamarem a nossa raça. Os humanos sentem-se ameaçados pela nossa habilidade de lhes proporcionar um prazer tão intenso durante um acto que eles consideram perigoso e abominável, então os humanos rotularam-nos como predadores.
A verdade é que os Vampyros conseguem controlar a sua sede de sangue, por isso existe pouco perigo físico para os humanos. O perigo apresenta-se, apenas, na Impressão que poderá ocorrer durante o ritual de beber sangue.

Benditos sejam, e que Nyx vos acompanhe! :)

Fanfic: Forgiven - 33º Capitulo

Depois de nos faltar o ar de tanto rir com a cara dos dois rapazes à nossa frente, eles olharam para nós de forma ‘Importam-se de parar?’ e nós calámo-nos instantaneamente, ficando com cara séria e fazendo com que eles começassem a rir-se. Olhámos uma para a outra num cara de ‘ Okaaaay, que se passa aqui…?’ e rimo-nos também.
Passado algum tempo de rir sem razão aparente, conseguimos todos parar. Já me doía a barriga… Acho que só nestes minutos ganhei mais músculo nos abdominais do que no ano passado…
- Então, já está tudo pronto para amanhã? – perguntou Chad
- Sim… Depois… Ah! É isso! O vestido que vou usar! Sam! Preciso da tua ajuda e do resto das raparigas!
- Uma opinião masculina seria um bom contributo, não? – Heath sorriu de lado, sendo bem directo na questão
- Não, se precisar de opinião masculina chamo o Damien e tenho uma dupla! Dois em um! – disse feliz, fingindo não ter percebido a ideia de Heath
- Ah… - ele baixo o rosto um pouco para logo depois me olhar com olhos de cachorrinho
- Não! – mantive-me firme. Se era para eu tentar com o Heath como prometi a Erik, iria com calma e não é por termos um passado juntos que o vou deixar ver-me a trocar de roupa.
- Pronto… - rendeu-se Heath pondo um mas inaudível na frase
- Mas… - continuei
- Que tal irmos dar uma volta?! – sugeriu Sam a Chad com uns olhos de ‘Oh, eu não quero ficar aqui no meio!’
- Óptima ideia! Vemo-nos por aí! – despediram-se e saíram de junto de nós
- Mas… - insisti
- Lembraste de termos combinado sair hoje à tarde?
- Sim…
- A minha pickup espera-nos!
Pegou-me na mão
- Heath! – parei e ele parou comigo – A base para as marcas?! Não te lembras?
- Ah… pois… ia-me esquecendo
- Vá anda lá, eu ajudo-te a pôr a tua
- Obrigado Zo – pegou-me outra vez na mão e fomos até ao meu quarto para pôr aquilo na cara. Quando estávamos prontos, peguei no meu casaco, na carteira e escrevi uma sms para Damien a dizer que ia sair com Heath, que voltava pelo jantar
- Então onde vamos? – perguntou-me. Eu estava a pensar em ir comprar o vestido, porque, como o que o que Erik me dera tinha sido manchado se sangue (que não se conseguiu tirar), não o poderia usar. Para além que tinha saudades de fazer umas compras
- Podemos ir comprar o meu vestido? – perguntei – Se não te importares! E se não vires!
- Okay, okay, mas isso tem um preço!, não te poder ver com um vestido agora é demasiado para mim, não sei se consigo esperar mais uma dia… por isso – acabou de estacionar, inclinou-se para mim e beijou-me com necessidade.
- Pronto, vamos lá – estava com a ideia de um preto justo, principalmente na parte de cima, com uma tirinha abaixo do peito, já se sabe, o típico perfeito simples
Fomos passando por algumas montras de lojas 24 horas até que o vi, lá dentro, ao fundo. Entrei na loja e corri (bem, praticamente, não realmente) para ele. Fiquei a admirá-lo. Tal e qual como idealizara. Heath pôs-se atrás de mim
- Experimenta-o! Há ali um provador
- Para tu veres?! Não, não! Tu ficas aqui sossegadinho que eu vou experimentá-lo – obriguei-o a ficar quieto, mas tive de ser persistente, porque sabia exactamente o que estava na sua cabeça: vir atrás de mim e ver-me com ele. Procurei o meu tamanho e entrei no provador. Depois de ver que o vestido me caía muito bem, voltei a vestir a minha roupa e dirigi-me à caixa para pagar.
- Zoey?! Heath?! – olhámos para a caixa
- Kayla?! – dissemos os dois ao mesmo tempo
- Já não te via há algum tempo Heath… - ela enrolou a ponta dos cabelos olhando para ele e devorando-o ao mesmo tempo – Olá Zo, então como é que a minha melhor amiga está?
‘Muito melhor antes de te ver’ – pensei. – Bem – respondi
- Ah, que bom…
- Desde quando trabalhas aqui? – perguntei
- Oh, sabes como é, preciso duns trocos extra para mim e então tive de arranjar um trabalho, e tu, que fazes por cá?
- Que te parece? Estou a comer um bife com cogumelos, claro! Quero pagar este vestido – pousei-o em cima da bancada
- Claro… - disse sem prestar atenção. Passou o código pela máquina e deu-me o talão. Paguei e despedi-me
- Bem, seria óptimo poder ficar aqui a falar – ‘ou não’ acrescentei mentalmente – mas temos de regressar, sabes como é – imitei a sua maneira de falar – apenas uma comprinha de necessidade nada mais – sorri amarelo
- De necessidade? Precisas desse vestido?
- Sim, é uma espécie de ritual e tenho que estar melhor vestida, porque sou eu que presido, mas como isto não te interessa nada, e eu sei disso perfeitamente, deixo-te em paz. Tchau! – sorri e ela sorriu de volta, vermelha de raiva
- Fica bem! – despediu-se Heath, enquanto ela lhe mandava um beijo soprado
Saímos e fomos comer uma pilha de panquecas na esplanada, debaixo da neve. Fiquei com a cara vermelha dos flocos frios me caírem em cima. Depois de nos enchermos de calorias regressámos à casa da noite.
Assim íamos a entrar no dormitório, onde todos nos esperavam, reparei que mais ao lado, cá fora estava um casal a curtir, um casal familiar. Semicerrei os olhos e descobri que era Chad e Sam
- Heath! – sussurrei – olha ali! – apontei para eles – incomodamos? – sugeri
- Claro! – sussurrou-me. Fomos até eles sem que se apercebessem e ficámos cada um em cada lado deles. Depois colocámos os nossos braços nos seus ombros como se fosse um abraço de grupo
- Ora, ora, ora! – dissemos os dois ao mesmo tempo. Eles separaram-se repentinamente e olharam para nós com cara de quem nos vai fuzilar. Eu e Heath desatámos a correr para dentro do dormitório.
- Socorro! Eles querem matar-nos! – disse, pondo-me no lado oposto do sofá para os encarar a entrarem furiosos pela porta, e depois se rirem da nossa cara. O resto do grupo riu-se também e por fim encolhemos os ombros e juntámo-nos. Ficámos todos ali sentados o resto do dia, para depois irmos jantar.
Acho que adormeci encostada a Heath, enquanto víamos um filme, e ele me fazia festinhas no cabelo, o que me fez sentir protegida e relaxada, contribuindo para adormecer mais rapidamente

sábado, 4 de dezembro de 2010

Título do próximo livro

Feliz encontro Filhos e Filhas das Trevas

Acabou-se de saber, através do blog da PC, que o título do próximo livro da série Casa da Noite será DESTINED , traduzindo Destinada. Mal se saiba mais novidades, iremos postar. :)

Que Nyx vos acompanhe! ;)

Fanfic: Forgiven - 32º Capitulo

- Zo! Espera tenho que te perguntar uma coisa!
Parei e sentei-me no sofá de dois lugares. Fiz sinal a Heath para se sentar a meu lado
- Zoey, eu… de manhã… não dormi bem e acordei cedo… pus-me à janela a pensar numas coisas… e depois vi-te com o Erik, vocês pareciam tão… sei lá… demasiado chegados… Bem o que eu quero saber é se tu e ele voltaram… - ele coçou o cabelo, embaraçado
- Não Heath, eu e o Erik não voltámos. E duvido que voltemos… - olhei para baixo – ele vai-se embora para a Europa… E apenas estávamos a conversar…
- Ah… Desculpa, a sério! É que eu pensei que vocês tinham voltado… Eu…
- Ele disse-me para tentar contigo… Sabes… Tentar com que dê… - interrompi-o
- Ah… Okay… Hum… isso é… bom e constrangedor…
- Pois…
- e tu?
- Eu?
- Sim, o que disseste? – Ai, ai…! E agora?! Felizmente o telemóvel tocou! Salva pelo telemóvel! YES!
- Estou?
- Z! para a sala, já! Temos que arrumar as coisas!
- Sim senhor Damien! Estou a caminho!
- Traz o Heath, eu não sou propriamente a força em pessoa…
- Sim Hulk – disse gozando com o que ele dissera
- Haha eu sou o Hulk e o Erik todo bom é a Branca de Neve!
- Okay, que comparação! Já estou a ir
Desliguei.
- Que se passa?
- Precisamos de ir arrumar a sala para o ritual e hum… da tua força também, é que o Hulk perdeu os poderes
- O Hulk?
- Damien
- Ah, okay – disse rindo
Saí da sala do dormitório e comecei a dirigir-me para a sala de convívio, mas Heath agarrou-me o braço e parou-me
- Mas primeiro, o que disseste? – pensei um bocado
Dei-lhe um selinho rápido como resposta, pois falar ia ser difícil
- Isto dá? – perguntei mordendo o lábio
- Não… - puxou-me para ele e envolveu-me num abraço. Depois foi natural, como se eu ainda fosse a Zoey Montegomery e estivesse preocupadíssima com o exame de Geometria e Heath fosse o meu incrível namorado da equipa de futebol, o mimos que ele me fazia e por quem me apaixonara desde pequenina. Beijámo-nos e só nos separámos quando nos apercebemos que apesar de estarmos em processo de mudança precisamos de respirar para viver - Agora serve… Por enquanto… - ele deu um sorriso torto e eu mordi o lábio a sorrir – Ah, espera – num gesto rápido trincou-me o meu lábio superior ‘rasgando delicadamente’ a pele e começou a beber. Claro que eu também bebi… O desejo e a sensação de prazer provocada pelo sangue fez-nos aproximar-nos ainda mais, ficando num beijo intenso – Muito melhor – desta vez foi ele a morder o lábio e a olhar para mim como quem me come com os olhos. (Okay, acabei de ter um calaquente com esta ideia – calaquente é exactamente o oposto de calafrio, como não sei algo que defina, invento. Que a Deusa queira que Damien não me ouça!)
- Temos de ir
Fomos até à sala onde eles já tinham começado a retirar as mobílias e a metê-las a um canto para depois se guardarem. Heath ajudou os rapazes a levar a mesa para o meio da sala. Tentámos delimitar mais ou menos o espaço do círculo. Quando já estava tudo arrumado, reparámos que as velas já iam no fim, então tivemos que ir à loja de rituais para arranjar as coisas. Samantha ofereceu-se para ir comigo
- O Chad disse que me ama – ela disse no meio do caminho
- Ah… Okay, conta! Como foi?
- bem… Foi… sei lá! Foi no fim da minha aula de dança. Eu tinha o meu fato de ballet vestido, porque me inscrevi numa espécie de competição entre casas da noite… Bem ele entrou e eu ainda estava a praticar, no fim de todos saírem. Estava de frente para o espelho, mas o meu olhar estava para baixo, por isso não o vi. Ele veio até mi, abraçou-me por trás, fez-me dar uma volta e um ‘mergulho’, depois, quando me levantou beijou-me e disse uma coisa assim: ‘ Sammy, eu… eu gosto muito de ti! Não me sais da cabeça, só quero estar contigo! Sam, eu… eu amo-te’
- OOOOOOWWWWNNNN! Que querido! E tu?
- Eu saí dali a correr! Não sei o que fazer! Eu gosto muito dele, mas tenho medo de me magoar, ou de estar errada e magoá-lo! Nós estamos aqui há pouco tempo mas já sinto que ele é o meu melhor amigo, e que há mais alguma coisa
- Sam, olha, tenta, fala com ele e por favor, não desates a correr!
Pedi as velas e as ervas para o defumadouro e voltámos para a sala a fim de acabar de arrumar as coisas.
- Pois… Vou seguir o teu conselho… Mas… e se der para o torto?
- Não há como tentar – as minhas palavras estavam a ser dirigidas a mim também
- Mas e se…?
- Não há mas e ses nenhuns! É tentar para saber… - quase sussurrei a última parte, assimilando o que acabara de dizer e ganhando coragem para tentar com Heath. Quando chegámos, apenas Heath e Chad estavam lá, em frente a um dos televisores. Como não se aperceberam da nossa entrada continuaram a falar
- Eu e a Zo estamos mais ou menos assim… Mas tenho um pressentimento que vai dar certo, ou pelo menos quero acreditar nisso…
- Tal como eu… gosto tanto da Sammy! Desde que a vi que não paro de pensar nela…
Eu olhei para Sam e as duas desatámos a rir. Eles levantaram-se e olharam os dois para nós. Começaram a ficar os dois vermelhos que nem pimentões, o que nos fez rir ainda mais

Comentem por favor =)

PS: Novo capitulo amanhã à mesma hora.