http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

"O Lado Negro da Lua", de Sherrilyn Kenyon

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Autor: Sherrilyn Kenyon


Editora: Chá das Cinco

Data de Lançamento: 27-01-2012

Sinopse:
 
Susan Michaels foi a melhor repórter da cidade até ao dia em que um escândalo arruinou a sua carreira. É então que obtém uma pista numa história que pode restaurar a sua reputação. O que não esperava era ter a sua vida e cidade ameaçada por um grupo de vampiros letais prestes a dominar Seattle. Como se isso não fosse suficiente, Susan adota um gato. Mas não é um gato qualquer e sim um que se transforma num caçador de vampiros chamado Ravyn. A vida de Ravyn foi destruída séculos atrás quando confiou nas pessoas erradas. Perdeu a família, a honra e a própria vida. Agora poderá vingar-se se conseguir confiar em Susan. No mundo dos Predadores da Noite, a vida é sempre perigosa. Ainda mais agora, pois uma mulher pode despedaçar todo o mundo se contar uma história. Será Susan capaz de o fazer?


Crítica (As Leituras do Corvo) :

Um dos aspectos mais cativantes deste livro é, tal como nos volumes anteriores, o facto de haver bastante mais na história para lá do romance e da sensualidade. Aliás, este é um elemento que se desenvolve de forma mais secundária neste livro, havendo (comparativamente aos outros livros) um menor desenvolvimento de cenas sensuais (que estão presentes ainda assim), em grande parte devido à complicada situação que é, afinal, a base do enredo deste livro. Há atracção e romance, claro, mas surgem de uma forma mais gradual, entre a confusão de todo um mundo novo para assimilar (no caso de Susan) e a necessidade de resolver a difícil situação em que se encontram os Predadores da Noite (para Ravyn e companhia).

A história é bastante interessante, com alguns desenvolvimentos curiosos tanto do lado dos "vilões" (com o envolvimento de humanos a dar um toque de diferença ao enredo) como na relação entre os Predadores da Noite (e aqui destacam-se tanto a invulgar situação de Cael como os desenvolvimentos na história de Nick). Ainda assim, continuam a ser as personagens o maior dos pontos fortes. Susan, com o seu humor negro e personalidade sarcástica, mas com uma inerente necessidade de pertencer, contrasta, na sua situação complicada, com o passado tenebroso que definiu a personalidade sombria, mas lutadora de Ravyn. São, por isso, os pontos em comum que vão sendo revelados a definir os fundamentos da sua relação, mais que a atracção física que, de facto, existe. E isto faz com que essa relação se torne mais interessante, proporcionando momentos comoventes e também algumas situações divertidas.

Cativante, divertido e com bastante acção, este é um livro onde o romance é uma parte essencial, mas não a única, criando um agradável equilíbrio entre acção, sensualidade e emoção, numa história que apresenta novos pontos de interesse no mundo dos Predadores da Noite. Muito bom.


Benditos sejam!

Sem comentários: