http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Passatempo Despertada: Texto de Andreia Dias

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Começo com um dos textos do meu TOP3 do Passatempo Despertada, o texto da Andreia Dias. Espero que gostem tanto como eu.


A série Casa da Noite é constituída por livros onde há realmente bastantes acontecimentos interessantes e cheios de surpresas sempre a surgir ao virar de cada página. No entanto, um dos momentos que mais me marcou foi sem alguma dúvida a morte de Heath Luck às mãos do Anjo Caído e vilão, Kalona. No decorrer dos livros, Heath mostra-se como uma das personagens mais queridas e compreensivas com a protagonista, Zoey Redbird, tendo sido anteriormente seu namorado. É compreensível que ambos tenham tido uma relação complicada devido aos maus hábitos que o jovem possuía antes de Zoey ser marcada, o que realmente os afastou a ponto de colocar um ponto final na relação que ambos mantinham há alguns anos. Ainda assim, acho memorável a sua atitude de mudar em detrimento da rapariga que realmente amava, tendo mesmo chegado a estudar o “novo mundo” a que Zoey pertencia e se preocupou em entende-la, mesmo quando a mãe da jovem nunca a tentou entender e se deixou subordinar pelo padrasto. Não só estas razões me fazem acha-lo um personagem interessante e com muito mais para dar, mas também o facto de Heath ter sido dos únicos romances de Zoey que sempre esteve lá para ela, sem qualquer tipo de pressões ou condenações (isto tirando quando houve a quebra da impressão com o professor Blake, sendo compreensível devido ao sofrimento que tal teve para o jovem). Se repararmos bem, mesmo numa altura em que ele se encontrava magoado com as atitudes dela, ele foi dos primeiros a se oferecer para a ajudar. Neste sentido, acho que se torna compreensível porque tal morte me chocou e realmente marcou. Além de não contar com tal, a forma simples, eficaz e rápida do seu falecimento foi algo que talvez pudesse ter sido mais trabalhado. Possivelmente estarei a desejar romantizar um pouco mais a cena, mas creio que numa opinião de fã da série, algumas de nós esperava um episódio onde esse personagem, Heath Luck, pudesse ter uma morte mais digna. Acho realmente banal que com um simples gesto, Kalona tenha-lhe partido o pescoço e o rapaz, de nome Luck, não pareça ter tido muita sorte. Já que a sua morte pareceu ter de acontecer para dar um seguimento lógico à história, esperava que pudesse haver um pouco mais de intriga e dificuldade na morte de um personagem certamente tão acarinhado por grande parte do público. Penso que os motivos apresentados sobre a causa pela qual tal acontecimento me marcou, foram claros. Compreendendo-se assim, também uma parte do porquê de ter escolhido este momento e não outro como a morte de Stevie Rae ou Stark, aliás estes sendo iniciados azuis puderam voltar como iniciados vermelhos, não tendo sido grande o seu choque (mesmo que no caso de Stevie Rae ainda não houvesse tal indicação, tinha-se já algum tipo de ideia quando aparecem fantasmas de anteriores iniciados mortes a vaguear pela escola no livro anterior, além que o livro não termina na sua morte imediata e ainda se vê em páginas posteriores a sua volta) e no caso de heath este morreu sem uma volta a dar, pelo menos uma que o traga exactamente como ele era. Por fim, conjurando tudo isto, acredito que no fundo, bastantes leitoras assim como eu, aguardavam por um momento onde o rapaz pudesse ter sido marcado e se tornado também um iniciado. Claro, que não se esperava que ele voltasse para Zoey, a qual aparenta ter um futuro bastante sólido com Stark, mas quem sabe ter uma história um pouco mais feliz. Sei que a vida também é assim, feita de acontecimentos menos agradáveis, mas nos livros tudo é possível. Actualmente, aguardo curiosa para ver o que a serie reserva com os seus novos livros.



Amanhã o da Joana Aleixo (:


Que Nyx vos abençoe!

3 comentários:

Irina disse...

O Texto está lindo. Muitos parabéns Andreia Dias.
Confesso que a morte do Heath também me chocou e cheguei mesmo até a chorar. Não estava nada á espera, muito menos que morresse daquela forma, eu até pensei que no final a Zoey acabasse por ficar com ele ou com o Stark, parece que agora o Stark é a unica opção.
Mas achei o texto muito lindo mesmo parabens!

Inês disse...

Acabei de receber um email da Porto Editora com a informação de que Silence, o terceiro livro da Saga Hush Hush vai ser lançado em Portugal em Março deste ano. Também soube que o quarto e último livro desta Saga vai-se chamar Finale e vai ser lançado nos EUA por volta de Outubro de 2012. Aqui fica a informação =D

Ah, e parabéns para a Andreia, o texto dela ficou muito bom =)

Andy Girl disse...

Irina muito obrigado pelas palavras e fico contente por teres gostado do texto. Pois, eu também sempre desejei que a Zoey ficasse com ele... Mas vamos lá ver o que o futuro e os livros lhe reservam a ela.