http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Crítica no blog Bela Lugosi is Dead

Deixo-vos aqui a crítica de Joana Cardoso, concordam com a sua opinião?

"Depois de uma espera não muito longa, mas mesmo assim difícil de suportar, chega-nos finalmente o segundo livro da série romances da Casa da Noite, Traída.

Depois de todos os problemas que acontecem no primeiro livro, seria de esperar que alguma coisa de bom poderia acontecer neste segundo volume. No entanto isso não aconteceu. Cada vez mais as coisas se complicam para a nossa heroína de 16 anos. Zoey Redbird vê-se cada vez mais envolvida em algo que não percebe. Sabe apenas que é a única que pode travar os acontecimentos que se têm vindo a desenrolar.

Desta vez há humanos que começam a aparecer mortos e a comunidade começa a pensar que são os vampyros que os estão a atacar. No entanto a verdade não é bem essa. E, aos poucos, Zoey vai descobrindo a terrível verdade que existe por trás destas mortes.
Vemos também um grande desenvolvimento das personagens. Desenvolvimento esse, tanto nas personagens em si, como nas relações entre estas, relações que vão crescendo ao longo do livro.

Amor, amizade e inimizade são alguns dos sentimentos mais fortes em Traída. Com surpresas bastante agradáveis, como o aparecimento de novas personagens ou a mudança de atitude de outras já existentes, e outras muito desagradáveis, como a morte de alguém muito especial e a descoberta de uma verdade terrível, este livro torna-se mais uma vez único pela sua originalidade.

Como já referi na crítica ao livro anterior, Marcada, o discurso é bastante juvenil, o que transmite uma sensação de estranheza. No entanto sente-se o evoluir da escrita de um livro para o outro. Neste segundo volume já não me fez tanta confusão a linguagem e o livro já me pareceu mais completo com as suas descrições e com a ausência de tanto discurso. O facto de também haver um maior desenvolvimento do pensamento das personagens leva-nos a entrar mais na história e a ficarmos mais ligados a elas, fazendo-nos sentir mais envolvidos.

O livro continua a ter cenas de grande humor em que uma pessoa se farta de rir e outras mais tristes nas quais somos capazes de ficar com uma lágrima no canto do olho. Ainda para mais o livro é extremamente fácil de ler – eu demorei apenas um dia a fazê-lo.

Mais uma excelente aposta que de certeza já tem por ai muitos fãs. Agora é aguardar ansiosamente pela publicação do próximo volume.

– Joana Cardoso"

Fonte

Sem comentários: