http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Forgiven - 36º Capitulo

- Hum… Z, não achas que já comeste assim… o suficiente?
- Ai, eu estava a morrer de fome! – resmunguei
- Boa, agora estás rabugenta
- Nada que uma cola não light não resolva, Stevie Rae… - Heath atirou-me uma cola. Abri e bebi em sorvos lentos.
- Bem melhor! Obrigada Heath! – eu disse
- De nada fofa… Quer dizer Zoey! – ele coçou o cabelo, atrapalhado. Todos se riram – Eh! Então? Parem lá de rir! Por favor!
- Okay, okay! – Disse Damien
Eu limitei-me a beber a minha cola lentamente.
- Então, Stevie Rae, conta lá! Como é que estás? Quer dizer, passámos tanto tempo sem te ver e vens aqui e pimba, nova Sacerdotisa da casa da noite!
- Bom, em primeiro lugar eu gostava de agradecer a todos os que me apoiaram…
- Stevie Rae, campónia! Isto não é um discurso! – disse Erin
- Nem um agradecimento político! – completou Shaunee
- Okay, okay… Estou bem, super mega feliiiiz! E vou passar montes de tempo por aqui!
- Hey? Lembraste do que disseste ontem? Parece que o teu amor chegou... – eu disse encarando o rapaz que se dirigia a nós. Correcção, um vampyro azul, mudado, moreno, um corpo de deus adolescente, com uns olhos cinzentos
- OH MINHA DEUSA! – ela guinchou, assim que as suas mãos lhe taparam os olhos.
- Adivinha quem é?
- Hum… ora deixa cá ver… Elvis?
- Não amas o Elvis pois não?
- Claro que não! Eu só te amo a ti Peter! – eles iam-se beijar
- PÁRA TUDO! – disseram as Gémeas disseram ao mesmo tempo.
- Tu… - começou Erin
- Tens… - Shaunee disse
- Namorado… - disse Jack
- E não… – Damien
- Nos dizias… - Sam
- Nada? – Chad, com uma cara ‘ah é para eu acabar?’
- Sim – ela respondeu e eles beijaram-se – conheci o Peter quando fui a minha casa há umas semanas. Ele é filho do melhor amigo do meu pai e estava lá a ajudá-lo a montar qualquer coisa, quando eu entrei e o vi.
- Olhámos um para o outro e…
- Foi um conto de fadas! – eles deram mais um beijo
- Sou o Peter! – ele estendeu a mão para cada um de nós
- Shaunee
- Erin
- Damien
- Jack
- Zoey
- Samantha
- Chad
- Heath
- Hum… São todos solteiros aqui? É que não parece… nota-se um clima…
- Eu e o Jack andamos, ele é o amor da minha vida – disse Damien abraçado a Jack
- Ownt! Amo-te tanto! – eles beijaram-se
- Vómito! – dissemos eu e as Gémeas ao mesmo tempo
- Hum… A Samantha e o Chad parecem gostar um do outro… - Peter disse
- Nada indirecto… - resmungou Stevie Rae
- Fofa, já sabes que eu sei destas coisas só de olhar!
- Sim, sim… E a Zoey e o Heath estão em fase de andamento, as Gémeas estão indisponíveis, tudo aqui está feliz e os passarinhos cantam!... – WTF? Fiquei a olhar para ela - Olha, os iniciados já estão cá?
- Sim amor. Estão ali à porta
- Que bom! Vou vê-los, vens Z? – assenti e ela começou a saltitar até à porta que nem um coelhinho do mato
- Stevie Rae! Espera aí!
- Ops, demasiado rápido! – ela parou e eu que ia praticamente a correr atrás dela choquei nas suas costas, atirando-nos às duas para cima da porta. Depois, alguém muito inteligente lembrou-se de abrir a porta e lá fomos nós ao chão, a rir a bandeiras despegadas de nós mesmas. Todos na sala de jantar e arredores se riram
- Vocês estão bem? – perguntou Vénus. Ela até parecia simpática. Agora.
- … … Sim… … Est… Estamos bem – tentei responder sem me rir, mas não resultou. Levantei-me e puxei Stevie Rae para cima
- Não haja dúvida! Bela entrada para Sacerdotisa da casa da noite – Afrodite juntou-se a nós a resmungar – Vénus! – Afrodite abraçou a sua melhor amiga
- Afrodite! Como estás Deusa do Amor?
- Amor é o que ela não espalha… Só para o Dário! – eu comentei
- Marada mor da horda de nerds, cala-te!
- Eu falei? – fiz-me inocente
- Se não calares, não vais conseguir falar! – ela sorriu ‘simpática’ para mim
- Bem, continuem lá na sessão de ‘tive tantas saudades tuas! A Zoey é mesmo marada não achas?’ Que aqui a Sacerdotisa tem quartos a distribuir. – Stevie Rae pegou-me na mão
- Espera aí! Tu é que és a Sumo Sacerdotisa, não sou eu! – eu disse
- Pois, mas estás em treinamento e cheira-me que agora tanto eu como a Lenóbia temos de te ensinar as coisas! Por falar nisso, vamos ter com ela porque eu não percebo pevas desta cena!
- Stevie Rae! – dissemos eu e Damien que passava por nós com Jack, para saírem.
- Ops, desculpem! Não percebo nada de gestão de casa da noite, melhor?
- Não vou comentar… - disse eu, abanando a cabeça. Ela puxou-me a mão e arrastou-me para uma sala onde Lenóbia estava.
Ficámos lá na sala para aí umas duas horas a decidir com quem ficava cada iniciado. Eu apenas via como era tudo e processava a informação, e a retia no meu cérebro como se fosse uma pasta com o nome “Informações para o Futuro”
- Informações para o Futuro? Essa é boa, Zoey… - Lenóbia disse rindo-se levemente
- O que é que eu perdi?
- Nada Sacerdotisa – eu disse
- Ah, não deve ter importância… Então… É só isto? Já está?
- Sim, só tens que avisar os iniciados.
- Óptimo Lenóbia! Obrigada! – Stevie Rae sorriu e fez o cumprimento do vampyros em jeito de despedida. Eu fiz o mesmo e (mais uma vez) ela agarrou-me na mão a arrastou-me dali. Os iniciados estavam dispersos pela escola, já se tinham ambientado… (que eles têm uma capacidade de “influência” excelente já eu sei… só não sabia que funcionava com iniciados/vampyros)
- Então tu vais para o teu antigo quarto e vais ficar sozinha já que a Afro se vai embora daqui a pouco
- A Quê? – rosnou Afrodite
- Afrodite, e não desrespeites a Sacerdotisa! – ela tentou parecer adulta, numa tentativa totalmente fail…
- Queres que te leve a sério com essa carinha?
- Ah, esquece, nem eu mesma me habituei… - ela abanou os caracóis loiros e saímos da sala do dormitório

Sem comentários: