http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Extras de Loren Blake

Parte 5.5
- Zoey, como essa coisa terrível foi acontecer com Stevie Raey e aos outros novatos? Quem ou o que é responsável por isso?Ela demorou a me responder como se precisasse de tempo para decidir se contava.- Eu... Eu não sei como foi que aconteceu, mas bem que eu queria me lembrar. - Queria mesmo entender Steve Rae, não sabe? - Tentei mais uma vez.Ela negou novamente. O meu interior ficou gelado de medo principalmente por ela. Se Neferet soubesse iria a perseguir e isso não seria bom.- Provavelmente foi por isso Nyx pediu para protegêla.Trouxe-a para mais perto de mim. Como seria bom se eu pudesse ficar com ela assim abraçada para sempre assim nada aconteceria a ela.- Mas quem sabe alem de mim e de você?- Ninguém.Deixou-me mais aliviado. Eu não contaria de jeito nenhum, nem sob tortura.- Aphrodite não sabe. Eu a ouvi falando com umas garotas que seus pais iam ficar fora pelo resto do inverno... Foi assim que eu soube que o apartamento estava vazio, então levei Stevie Era para lá.- Mas como você sabe que ela ainda está no apartamento de Aphrodite e que está tudo bem?- Ahn?- Ah, eu dei um celular para ela. Posso ligar ou mandar mensagens. Acabei de conferir se ela estava bem agora pouco. Eu talvez precise de sua ajuda.Isso me alegrou é exatamente o que eu queria fazer.- Pode pedir qualquer coisa.- Vou ter que trazer Stevie Rae aqui para a escola, ou então vou ao encontro dela com a gangue.- A gangue?- Você sabe Damien, as gêmeas e Aphrodite, para traçarmos um círculo. Sinto que vou precisar deles para invocar os elementos e ajudar Stevie Era. - Mas você disse que eles não sabem de Stevie- Era. E não sabem. Vou ter que contar para eles, mas primeiro quero definir o eu vou fazer para resolver o probleminha de Stevie Era. Mas, na verdade, eu não queria contar nada.- Quer dizer que você e Aphrodite na verdade são amigas?Como estávamos carimbados eu sabia que ela não estava me contando tudo. Porque ela não confia em mim? Eu não entendo. Ela negou novamente, mas eu a senti tensa como se não estivesse falando a verdade.- Ótimo, Pelo que ouvi falar Aphrodite tem sérios problemas. Você não deve confiar nela.- E não confio.- Pelo que sei de Aphrodite nem as amigas dela queriam mais ela por perto, com todo este histórico de trair as pessoas e até expulsa das Filhas das Trevas ela foi. Ei, relaxe. Sei que a aborrece falar dessas coisas. Estou aqui agora. Vamos dar um jeito nisso. Vamos dar um passo de cada vez.Comecei a beijá-la e o sangue acelerou novamente nos levando a repitir o que fizemos a quinze minutos atrás. Quando Erik apareceu, meu instinto protetor fez com que me posicionasse na sua frente para esconder a sua nudez.- Você esta nos interrompendo.- É estou vendo. – disse Erik e saiu.- Aimeudeus! Aimeudeus! Não acredito que isso aconteceu!- Baby, esta tudo bem. Uma hora ele ia ter de saber sobre nos.- Mas, não assim. Erik descobrir assim é tão horrível que não sei o que dizer. E agora todo mundo vai saber. Isso é péssimo, Loren! Você é professor e eu sou novata. Não existe regras contra isso? Para não falarmos que nos carimbamos.- Zoey, meu amor, me escuta. Erik não vai dizer nada a ninguém.- Vai, sim! Você viu a cara dele. Claro que ele não vai guardar segredo por minha causa, nunca mais vai fazer nada por mim.- Ele vai ficar de bico calado porque vou mandar que fique. – nem que eu tenha que lhe dar uns cascudos bem dados. A raiva explodiu em mim.- Não faça mal a ele.- Ah, meu bem, não se preocupe. Não vou fazer mal a ele. Só vou conversar.- Tenho que ir.- Tá tudo bem. Também tenho que ir.- Você esta com cara de cansada.- É estou.- Vai dormir amor. Amanhã agente se vê.- Como? Quando?- Não se preocupe. Não vai demorar. Eu a procuro depois que dormirmos um pouco.“Acordo de um sonho contigoNa primeira noite de doce sonoQuando os ventos sussurram baixinho,E as estrelas brilham demaisAcordo de um sonho contigo,E um espírito em meus pésMe conduziu – sabe-se lá como –À janela de teu quarto, minha doçura!”- Você escreveu isso?- Não, Shelley. Difícil acreditar que ele não era vampiro, não é mesmo?- Ahã- Amanhã te procuro. Juro.

Sem comentários: