http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Saída de Emergência: O que Março nos reserva...

Feliz encontro Filhas e Filhos das Trevas!

Este mês vem repleto de novas novidades para os amantes de literatura fantástica. A nossa querida Editora tem novos títulos que pormetem prender o leitor. Aqui fica a lista!


O Império do Medo, de Brian Stableford

A história começa na Londres do século XVII. Edmund Cordery, sábio da corte de Ricardo Coração de Leão, acredita que a cerimónia supostamente mágica que transforma um humano num vampiro deve ter uma explicação natural.

Mas descortinar o segredo da criação dos imortais também é saber como os destruir, como tal, quando as suas investigações o aproximam da verdade, a elite que governa o mundo decide-se pela sua morte. Antes de morrer, Edmund passa os seus segredos ao filho Noell, transformando este no homem mais procurado de Inglaterra e forçando-o a fugir pela vida.

Para continuar as investigações do pai, Noell viaja até ao coração de África, onde acredita que os primeiros vampiros nasceram há milhares de anos.

 A Corte do Ar, de Stephen Hunt

Quando a órfã Molly Templar testemunha um assassinato brutal no bordel onde foi colocada como aprendiz, o seu primeiro instinto é o de correr de volta para o orfanato onde cresceu. Ao chegar e encontrar todos os amigos mortos, apercebe-se de que era ela o verdadeiro alvo do ataque… pois o sangue de Molly contém um segredo que a torna um alvo a abater para os inimigos do Estado.

Oliver Brooks levava uma existência tranquila na casa do tio, mas quando é acusado da morte do seu único familiar é forçado a fugir para salvar a vida, acompanhado por um misterioso agente da Corte do Ar. Perseguido pelo país, Oliver vê-se na companhia de ladrões, foras-da-lei e espiões, e aprende mais sobre o segredo que destruiu a sua vida.

É então que Molly e Oliver são confrontados com uma ameaça à própria civilização por um poder antigo que se julgava derrotado há milénios. Os seus inimigos são implacáveis e numerosos, mas os dois órfãos terão a ajuda de um formidável grupo de amigos nesta aventura cheia de acção, drama e intriga.

Grendel, de John Gardner
(Chancela Camões & Companhia)

Beowulf é um guerreiro nórdico no auge da sua força e juventude quando confronta o monstro Grendel, uma criatura amaldiçoada e renegada pelos homens. Assim é descrito no poema épico anglo-saxónico Beowulf.

Mas, e se nos fosse permitido vislumbrar a psique deste monstro e descobríssemos, através dos seus olhos, o poder da literatura, a força dos mitos e o verdadeiro significado da existência humana?

Através do talento exímio de John Gardner somos levados a conhecer uma história comovente e rica em reflexão onde sentimos a solidão de Grendel e aprendemos com a sua observação da vida dos homens. Será que só um herói tão grande quanto o vilão que enfrenta pode pôr um fim à existência atormentada de Grendel?

Saído das páginas do épico Beowulf, o mais antigo e enigmático monstro da literatura anglo-saxónica conta o seu lado da história.

 Mago – Espinho de Prata, de Raymond E. Feist

A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes.

Tomas herda um legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino.

Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder. Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o próprio tempo.

Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono.

 O Regresso do Assassino, de Robin Hobb
Ele é um bastardo com sangue real.
Ele é um assassino com poderes malditos.
Ele é a única esperança para um reino caído em desgraça.

Atreva-se a entrar num mundo de perfídia e traição que George R. R. Martin apelidou de “genial”. Atreva-se a acompanhar um herói que a crítica considerou “único”.

O Regresso do Assassino é o regresso da grande fantasia épica. Se está à espera de mais do mesmo, este livro não é para si. Caso contrário... bem-vindo a uma aventura que nunca irá esquecer!

 A Promessa de Kushiel, de Jacqueline Carey

Phèdre está presa e na iminência de se entregar à morte. Mas os deuses ainda não deram a sua missão por terminada… Um golpe do destino restitui-lhe a liberdade, e a misericórdia permite-lhe sobreviver a uma morte quase certa. Mas, embora a traição que pesa sobre o trono de Terre d’Ange tenha o seu desfecho iminente, Phèdre vê-se empurrada para longe da sua pátria, para terras desconhecidas e múltiplos perigos…

Desespero, dor, traição, expiação… mas também prazer, júbilo, amizade e redenção. Cativa em terra estrangeira, sem o seu Companheiro Perfeito e os seus chevaliers, todos parecem querer impedi-la de salvar a sua rainha da ameaça que sobre ela paira.

Mas, escrevendo direito por linhas tortas como fazem os deuses, Naamah, Kushiel, Cassiel e Asherat-do-Mar parecem conspirar para um culminar dramático em La Sereníssima.

Triunfarão a honra e a justiça sobre as forças de cobiça e ambição? Logrará Phèdre denunciar os traidores que ameaçam Terre d’Ange e trazer a paz de novo à sua amada pátria? E ao seu coração atormentado?



Uma Bruxa em Apuros, de Kim Harrison
(Chancela Chá das Cinco)
Procurados vivos, mortos… ou mortos-vivos.

Todas as criaturas das trevas se reúnem na cidade de Hollows para se esconder, festejar… e comer. As longas noites são dominadas por vampiros num mundo de predadores que se caçam uns aos outros sem piedade.

A jovem e sexy Rachel Morgan é caçadora de prémios por profissão e bruxa por vocação. A sua obrigação é manter Hollows minimamente civilizada. Vagueando pelas ruas da cidade, Rachel persegue criaturas sobrenaturais que cacem os habitantes mais inocentes e vulneráveis.

Mas quando a noite esconde os maiores pesadelos imagináveis, uma personalidade forte e uma mão cheia de feitiços podem não ser suficientes para sobreviver. A não ser, claro, que Rachel Morgan seja mais do que aparenta ser…

 Cidadão Orson Welles, de Maria Helena Ventura
(Chancela Camões & Companhia)

Ele revolucionou o cinema. Ele apaixonou toda uma nação.
Ele foi perseguido pelo homem mais poderoso do seu tempo.
Mas esta é apenas uma história de amor.

Refugiando-se na Europa para fugir ao ódio implacável de William Randolph Hearst, George Orson Welles começa a filmar D. Quixote. As grandes produtoras norte americanas fecharam-lhe as portas, os melhores amigos morreram, a inveja dos seus pares atormenta-o. Mas talvez a sua alma possa ser resgatada por um amor inesperado.

Baseando-se em factos verídicos e numa pesquisa meticulosa, Maria Helena Ventura narra-nos uma inesperada história de amor entre Yasmina, uma jovem tunisina, e o imortal cineasta. Ela tem a centelha de vida que Orson sente escapar-lhe. Fugindo do próprio passado, ela é a única pessoa que consegue ler e consolar o coração de Orson Welles. Mas o que pode dar-lhe ele em troca, sentindo-se velho e talvez amargurado?

Com a prosa que nos habituou em Um Homem Só e Afonso, o Conquistador, Maria Helena Ventura faz o papel de Yasmina e escreve uma obra que consegue consolar o coração de todos nós.


Pacífico, de Clive Cussler

O submarino nuclear Starbuck zarpou para testes em alto mar, nas águas calmas do Oceano Pacífico, totalmente armado e com toda a tripulação a bordo... e desapareceu! Não foram encontrados quaisquer destroços, sinais do naufrágio, sobreviventes, nada... até Dirk Pitt, um famoso perito em assuntos marítimos encontrar um único e sinistro objecto nas águas costeiras infestadas de tubarões do Havai: o diário de bordo do Starbuck.
«Não nos procurem; os vossos esforços só podem acabar em vão...». Um diário de bordo transbordante de loucura e morte é tudo o que resta do malogrado submarino. A nota final do capitão, escrita à pressa e transpirando medo, situa a sepultura do Starbuck a centenas de milhas náuticas da última posição conhecida do navio. A busca pelo Starbuck lança Dirk Pitt na sua missão mais perigosa até à data: um redemoinho de mistério e terror nas profundezas oceânicas – o Vórtice do Pacífico.
Mais de 150 milhões de leitores em 100 países!
Uma nova série com o personagem que celebrizou o autor e conquistou Hollywood.
 
Permissão para vos abandonar!

Sem comentários: