http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Wrong

Feliz encontro!
Trago-vos hoje uma fanfic escrita por duas meninas, a Júuh e a Sheprey. Elas decidiram em conjunto escrever a continuação de "Traída", uma continuação bem diferente...

Todas as semanas será postado um novo capítulo das aventuras de Zoey neste nova Fanfic: Wrong! Podem encontrar também na barra direita uma nova secção para esta história. Espero que gostem e não deixem de comentar!

Capítulo 1

Divagar será solução?


Um mês, há um mês que tento evitar cada chamada de Heath, há um mês que me tento focar apenas no Erik e deixar a impressão fechada no bocadinho mais escuro do meu coração, mais escuro não, mas um pouco mais afastado. O mais escuro é para a minha família tirando a avó RedBird. Agora está tudo impressionantemente calmo, mas as noites continuam frias, geladas (embora seja no sentido figurado já que um vampyro está geneticamente protegido dadas às circunstâncias climáticas), e já não é tão estranho para mim dormir de dia e viver á noite.
Apenas um pedacinho – ou deverei dizer pedação – do meu coração que permanecia fechado obscuramente a sete chaves. Stevie Rae, a minha melhor amiga falecida. Um mês e eu podia jurar que apenas tinham passado uma semana. Essa parte obscura do meu coração ainda permanecia recentemente ferida.
Doía olhar para a cama ao meu lado vazia, agora era Nala que ocupava a cama que outrora fora de Stevie Rae. Alem de tudo isto tinha de me preocupar com a falsidade de Neferet, que continuava extremamente dócil comigo. Preciso de sorrir. Não posso pensar nisto. E tenho de tomar o pequeno-almoço, Count Chocula. Isto sim é capaz de me deixar estupidamente bem-disposta de manhã. Vesti-me rapidamente e passei pela sala de estar, olhei para a televisão que se encontrava ligada estava a dar Gossip Girl. Enchi a tigela de Count Chocula e sentei-me no sofá que se encontrava vazio a admirar o sorriso de Chace Crawford, um dos vampyros mais lindos de Hollywood.
Como seria de esperar as Gémeas e o Damien não demoraram muito mais a acordar.
-Oh minha deusa, o Chace é tão bom-bom - Verbalizou Erin com um sorriso matreiro nos lábios, com os olhos vidrados para a TV.
-Idem, Idem Gémea! – Retorquiu Shaunee levando Erin para um dos sofás da sala de convívio.
-Odeio a ideia, mas tenho que concordar com vocês – riu-se Damien com o mesmo entusiasmo.
-Vocês precisam dum babete? – Questionei num jeito de brincadeira comendo a última colher de Count Chocula.
Os três afrontaram-me simultâneamente com caras de parvos e entre trocas de olhares astutos, todos rimo-nos. Oh, como sabia bem rir de novo!
A meio do segundo episódio consecutivo de Gossip Girl e após muita baba por parte de todos, incluindo de Jack, que se juntara a nós, a sala estava a rebentar, e havia um círculo enorme em volta do televisor. Levantei-me e levei a tigela à cozinha e passei pelo quarto - demasiado - vazio para pegar na mala. Quando voltei Erin, Jack, Damien e Shaunee já se encontravam à minha espera para seguirmos para a aula. Jack abriu a porta e sorriu, e sussurrou um «Olá de novo». Damien foi atrás dele assim como as gémeas, curiosa como sou espreitei para ver quem estava á porta e deparei-me com uma imensidão azul que provinha do olhar mais sedutor que alguma vez vira, puxou minha mão e senti uns lábios colarem-se aos meus, não era necessário perguntar quem era.
O sabor dos lábios, e o cheiro do perfume falavam por ele. Correspondi o beijo e mexi no cabelo dele.
-Yuuke arranjem um quarto! - Afirmou Shaunee
-E de preferência de dia, para que eu não possa ouvir a cama. - Completou Erin como sempre acontecia, todos gargalharam.
-Até já pombinhos... - Disse Damien arrastando as gémeas com ele.
-Bom dia. - Sussurrou Erik ao meu ouvido, o que me causou um arrepio, a voz dele era melódica.
-Boa noite. – Corrigi. Podia ficar assim para sempre com a mão dele a guiar-me para algum sítio escondido ou para a aula, isso não importa. Apenas ele, eu e a mão dele a segurar a minha.
Ele sorriu e voltou-me a beijar. Sem nunca me largar a mão, levou-me até à entrada da sala de aula e despediu-se com um novo beijo mas desta vez atrevidamente longo enquanto se ouviam inúmeros assobios e boquinhas à nossa volta.
Entrei rapidamente e pedi desculpa à professora Pentisileia pelo atraso e sentei-me numa secretária ao pé da janela. Olhei lá para fora e apreciei o cantarolar dos pássaros e dei por mim a olhar para o vazio, quando finalmente percebi para onde olhava, o meu corpo estremeceu. O muro ocidental levou-me inevitavelmente a Stevie Rae. Em poucos segundos a imagem aterradora dela nos túneis de Tulsa naquela noite com Heath, me assombrou. Tinha de arranjar uma maneira de voltar a encontrá-la e, ainda pior, fazê-la voltar ao normal. Merda, a minha melhor amiga tinha virado uma sanguinária e sem saber o que fazer. Falar com as gémeas e o Damien estava fora de questão, aliás tinha que ficar calada, mas bolas, estou mesmo desesperada.
-Menina Zoey? – A minha tagarelice mental foi imediatamente interrompida por Pentisileia.
-Peço desculpa. – Assenti e desta vez tentei prestar mais atenção à aula que fazia questão de passar o mais devagar possível. Raios, o mundo começa a virar-se contra a minha existência.
Perguntei-me se Neferet já tinha descoberto que a minha memória voltara, ou se eu era tão parecida com Afrodite que ela era incapaz de me ler a mente. Fechei um dos punhos com força -, não queria ser uma cabra depravada como ela.
Eu sei que me devia concentrar mas até o estudo daqueles textos ambíguos me lembravam da minha vida extremamente confusa. Já referi que o Loren foi transferido? Agora tenho menos um para me preocupar. Okay, só tenho um para me preocupar, porque o Heath está bem quando está longe de mim, - ou não, o mais provável foi ter reforçado a impressão naquele encontro menos apropriado. Senti-me com calor quando relembrei o sabor da linha escarlate do seu pescoço. Pronto, são dois para me preocupar, e digamos que fico bem entretida.

***

Finalmente chegara uma das minhas aulas preferidas; equitação. Para além da professora Lenóbia ser extremamente simpática, podia encontrar o meu estado de equilíbrio e paz quando escovava Perséfone. Erik disse-me no intervalo que queria falar comigo sobre uma coisa importante, curiosa como sou não consigo desprender daí. O que ele quererá falar? Nem mesmo a minha égua me fazia distrair, porém quando fechei os olhos as preocupações começaram a afastar-se ouvindo-as cada vez mais longe. Via-me a mim a escovar Perséfone num dia solarengo (sim, é estranho, talvez sejam as saudades que o meu corpo tem de apanhar um calorzinho), estávamos num campo distante onde podia cheirar erva recentemente cortada e fresca, tal como cheirava nos rituais quando chamava a terra. Bolas, comecei a chorar. Stevie Rae, desta vez normal, estava sentada debaixo dum carvalho a tocar guitarra (mais uma vez estranho, pois ela não tocava guitarra). Engoli as restantes lágrimas queimando a minha garganta. «Tenho saudades tuas» ouvi-me lamentar.
-Zoey? Está tudo bem? – Raios, hoje todos os professores me queriam interromper?
Abanei a cabeça e matei a suspeita, era a professora Lenóbia.
-Sim, apenas me distrai. Dediquei-me demais a escovar Perséfone. – Disse tentando formular um sorriso na minha cara.
-Sabes Zoey, a Neferet é a tua monitora, mas sabes que podes falar comigo – Informou retribuindo um sorriso.
Quase não me ouvi a agradecer. E tocou, o som da campainha tinha um efeito terrível em mim o que me fez definitivamente acordar daquele, talvez, sonho?


By: Júuh e Sheprey

5 comentários:

Effy_edwards disse...

Continuem *.* Quero saber o que o Erik quer falar com ela.....hummm..x'DDDD

Mas a serio...a fanfic está muito gira..

Bjs

Raven disse...

Adorei tá mesmo gira :)
Parece mesmo como os livros.

Continuem vá lá!? ++

bjs*

Danyela ☾ disse...

OMG espectacular....e o Loren ter sido transferido foi a melhor ideia.

Estou ansiosa para saber o que o Erik quer falar com a Zoey...o que será??

bjs lindas

Ana disse...

Adorei =D

VenusXAfrodite disse...

Acabei agora de Ler Traida em Portugues, adoro esta saga! É fantástica...
Continuem por favor...
bjs