http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Confused - Capitulo 10

Capítulo 10

Quando a aula terminou, eu e a Zoey fomos juntas ter com o resto da malta.
-Os professores convenceram a Neferet de que declarar guerra aos humanos não era, de alguma forma, a coisa mais acertada de se fazer. Depois de alguns ressentimentos e tal, a Neferet reconheceu o erro – Explicou-me Zoey, enquanto estávamos a caminho da cantina.
-Ela disse que o reconheceu, não queria dizer que o tenha reconhecido mesmo – Corrigi
-Por acaso é bastante estranho, parece que ela tem mais alguma coisa na manga, entendes. Tipo um elemento surpresa. – Encolhi os ombros. De repente fez-se luz na minha cabeça.
-Tu já não estás zangada com o pessoal?
-Não, fizemos as pazes à hora do almoço. – Respondeu Zoey, um bocado sobressaltada com a minha repentina mudança de assunto. - Por falar nisso, onde estiveste? Procurei-te mas não te encontrei. Eles disseram que tinhas estado com eles.
Suspirei. A Zoey tinha que saber disto tudo, era algo inevitável. Tinha que saber sobre o Erik, sobre a Melody, sobre o corvo-homem, sobre a misteriosa habilidade do Erik e também sobre o aviso de Nyx. Mas não lhe podia contar sobre isto tudo no corredor da escola, onde estávamos rodeados por outros iniciados e professores, que podiam muito bem ouvir a nossa conversa.
-Nem te passa pela cabeça, mas este não é o sítio mais apropriado para termos esta conversa – Expliquei, olhando à volta para ver se alguém nos estava a ouvir ou a vigiar. E então vi Erik a aparecer vindo de um corredor paralelo ao que percorríamos. Olhei-o com a intenção do meu olhar traduzir algo do tipo “Estás melhor?”. No entanto ele não me viu sequer. Não era para mim que ele olhava. Era para Zoey. Os seus olhos estavam cravados nos dela e os dela nos dele.
Senti os ciúmes apoderarem-se de mim de uma forma tão avassaladora que tive medo de não me conseguir controlar. Eu não queria, de maneira alguma, ser a barreira entre eles, mas também não queria ser o brinquedo, que só era usado quando era necessário.
Ao mesmo tempo, ambos desviaram o olhar e seguiram os seus caminhos como se nada tivesse acontecido. Como se eu não tivesse visto nada. Como se eu não tivesse reparado na tensão presente na sua troca de olhares.
-Olá Afrodite! – Cumprimentou Zoey. Afrodite estava mesmo à nossa frente e exibia um grande sorriso nos lábios. Nunca a tinha visto tão excitada e ansiosa.
-Que se passa? – Perguntei
Ela olhou-me com desagrado. Parecia que só agora tinha reparado pela minha presença. Suspirou e atirou os seus cabelos loiros para traz.
- Festa na sala de convívio. Vai haver uma rainha da festa. Candidatei-me. Votem em mim! – Exclamou esticando um papel e fazendo um sorriso forçado que além de tudo, lhe ficava bem. Este trazia em primeiro plano uma foto espectacular de Afrodite. Bem, ela já é bonita, mas a foto favorecia-a bastante. Tinha uma expressão séria e ao mesmo tempo sedutora, e o seu olhar apoderava-me com uma força impressionante. Parecia que carregava bastante poder com ele. Em Baixo dizia a letras grandes e amarelas: “Vota em Afrodite La Fonte”.
-Nem perguntas se vamos participar? – Questionei-lhe erguendo as sobrancelhas. Eu sabia bastante bem que era isto que ela não queria ouvir e agradou-me a ideia de a picar um bocadinho, mesmo sem saber bem porquê, porque a realidade era que não me apetecia mesmo concorrer a algo como aquilo.
-Desculpem então – Rosnou Afrodite. Não, não era da minha concorrência que ela tinha medo, obviamente. Era a de Zoey. Ela era bonita e toda a gente da escola a conhecia, respeitava e não lhe guardavam rancor, muito pelo contrário.
Bem, a Afrodite era bonita, conhecida por toda a escola por ser má, arrogante, galdéria, snob, hipócrita… Além de ter mudado bastante, nem toda a gente tinha esse conhecimento. Quer dizer, quase ninguém.
-Eih, eu não quero concorrer. – Disse Zoey – Tu queres Mia? – Perguntou, dirigindo-se a mim.
-Humm… por acaso também não – Acabei por responder.
-Então está tudo bem! – Respondeu, aliviada.
Entretanto passou um rapaz por nós e Afrodite foi entregar-lhe também um cartaz do concurso.

5 comentários:

Mica disse...

Gosto mt mt da fic.
Continua!!!

BiiGuerra disse...

Perfeito, como sempre ;D
Beijinhos @

RiTuXa disse...

adoro!!! ta perfeito! mal posso esperar!

Anónimo disse...

adoro!!! ta perfeito! mal posso esperar!

Anónimo disse...

olha acho devias começar a desenvolver mais e escrever capítulos maiores. A fic está muito monotona, não acontece nada.