http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Poema por Paula Perleques

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

Trago-vos hoje mais um poema da nossa querida Paula. Ora vejam:


Zoey e Stark

Noites atrás, no campos
Quando te encontrei
Com o arco a treinar estavas.

Nos teus olho,
Amargura e tristeza
Neles se encontravam.

Demonstraste interesse
Pelo meu Dom
Dado pela Deusa Nyx.

Curiosidade em saber tiveste
Se com eles conseguiria
Meus amigos defender
Se algo lhes acontecesse.

Foi quando me revelaste
Teu Dom concedido pela Deusa
Com grande amargura e tristeza
Pois com ele poderias magoar
Pessoas ou Vampiros que gostes
Mesmo sem querer.

Quando te virei as costas
No chão de joelhos caíste
Ao sentir o doce aroma no ar
Soube que estavas a morrer.

Usei meu Dom
Para pedir ajuda,
Enquanto ela não vinha
Prometer me fizeste
De ti não esquecer
E da tua cadela cuidar.

Em meus braços morreste
Mesmo quando todos chegaram.
Mas, mesmo antes do teu ultimo suspiro
Consegui dizer, que irias voltar.


Quando dos mortos regressaste
Diferente estavas
Mas pela mudança conseguiste passar
Após teres feito juramento a meus pés,
Assim escolhendo
O bem para teu caminho.

Quando recebeste a ordem
De lançares a flecha em meu coração
Para ti ordenaste
Em teu peito acertar
Para minha vida salvares.

Ordenei aos cinco elementos
Para que tal impedissem
Que tal tragédia acontecesse,
apanhei um susto de morte
Ao ver-te ali caído
Mas para meu alívio
Teus olhos abriste.

Paula Perleques

Que Nyx vos abençoe!

1 comentário:

Inês disse...

Tá muito interessante.
Parabéns à Paula Perleques :D