http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Forgiven - 25º Capitulo

- Zoey! Estás bem?
- Como é que sabias? – estalei logo a Erik no corredor
- O quê?
- Do Heath! Disseste que vinha aí um novo miúdo e que era mais uma razão para nós podermos acabar. O Chad não é de certeza, mas o Heath só teve a Marca hoje, por isso, como é que sabias?
Ele retesou-se e pensou um bocado – Simplesmente sabia que ele vinha – Mordeu o lábio e olhou o meu olhar irado – A Afrodite viu esta cena toda, do Heath, tu, a Neferet e o outro humano. Na visão dela a Neferet tinha mais força e acabava contigo logo, mas pelos vistos ela ainda estava fraca… Por isso ainda estás aqui
- Isso não explica como é que sabias que o Heath ia ser Marcado
- Já te disse que simplesmente sabia! E a Afrodite disse que bem… como tu… credo custa tanto dizê-lo
- Que eu ia morrer
- Sim… isso… como tu ias desta para melhor Nyx ia recompensar o Heath por se sujeitar a isto para te proteger
- É uma das desculpas mais esfarrapadas que já ouvi mas está bem… - Senti-me irritada de novo
- Eh, lá! Não que te queres acalmar não?
- Desculpa – fiz parar a tempestade de neve e vento que se criara à nossa volta. Erik sacudiu uns flocos do cabelo perfeito e olhou para mim
- Ouve, não te stresses mais com isto. Vê o lado positivo: já não pode haver impressão entre vocês, pelo menos enquanto forem os dois iniciados
- Ajuda-me e diz-me mais vantagens que eu não as vejo
- Relaxa! Olha eu levo o teu padrasto a casa, o Heath pode ficar no quarto do Jack, ele está sozinho, e tu vai tomar um duche quente e come qualquer coisa, estás branca.
- Não tenho fome
- Zoey, não é um pedido
- Não tenho fome
Senti os joelhos cederem e caí em cima de Erik que me agarrou
- Que é que se passa?
- Um toque na zona posterior dos joelhos , com a perna esticada, e eles cedem
- Que queres dizer?
-Que se continuas a resistir eu levo te ao colo para a tua casa de banho e tranco-te lá até tomares o teu segundo banho hoje. E já agora onde estava o teu guarda costas quando precisaste?
- Ali… - Olhei para o gato estendido no chão, imóvel – ele está…
- Não… Está sedado… A Neferet sabe mais do que deve…
- Pois… Ele vai ficar bem?
- Sim… Vá, eu peço às Gémeas para acamparem no teu quarto enquanto não fizeres o que te digo
- Pronto está bem, mas achas que me podes largar, sei lá, para poder andar?
Ele riu-se… Eu pus-me de novo em cima de mim e comecei a andar, desajeitadamente (tinha formigueiros pelas pernas todas!) até ao gato. “Acorda” Sussurrei, pondo a minha mão no seu peito; o gato desatou a correr e depois apareceu Loren com uma cara ensonada
- Desculpa, eu não estava lá, desculpa
- Já está tudo bem!
- Pois, já está tudo bem… - repetiu Erik
- Levas o traste agora?
- Como queira Sacerdotisa
- Tu também não! – ele levantou as mãos como se rendesse. Revirei os olhos - Pronto eu vou ver do Heath. Loren vem comigo
- Z! – Erik voltou para trás e abraçou-me – Tem cuidado
- Não vá, sei lá, Saturno cair-me em cima, nunca se sabe… - ironizei
- A sério, tem cuidado
- Vou ter. Vamos – Eu e Loren seguimos em silêncio para a enfermaria enquanto Erik ia buscar as chaves do seu carro
- Que queres que faça?
- Que carregues um futebolista para o quarto que será dele
- Huh… Parece complicado, ou não. Venha ele
- Zoey! – Heath levantou-se da maca onde estava sentado com a enfermeira a desinfectar-lhe a cicatriz e veio na minha direcção a abraçar-me – Ainda bem que estás bem, Anda, tens de ver dessa queimadura. Não parece nada bem, está com pior aspecto
Olhei para o meu braço, Heath tinha razão, o braço já não estava todo tapado, devo ter feito força a mais e rasguei um bocadinho da pele nova
- Venha cá – chamou-me outra enfermeira. Segui até outra maca enquanto obrigava Heath a voltar para a sua. Sentei-me e a enfermeira começou a desinfectar-me, fazendo-me gemer de ardor quando começou.
Assim que fiquei pronta estavam todos à minha espera. – Estás bem Z?
- Sim, obrigada – sorri para todos
- Vamos lá, temos ordens expressas para te obrigarmos a tomar duche e a comer
- Pois – resmunguei – Heath acho que podes ficar no quarto do Jacky, ele está sozinho
- Mas…
- Nada, Heath ele tem namorado, não te vai querer comer! Baixa a testosterona se faz favor!
- Okay…
- Pronto, este dia foi difícil, ainda temos de marcar a reunião do conselho, montes de coisas para planear mas vemos isso amanhã, agora vamos todos aproveitar o último dia de férias
- Mas antes… - começou Erin
- Quarto! – ordenou Shaunee
- Eu vou, eu vou… Heath o Damien e o Jack levam-te à Lenóbia, ela saberá o que fazer por causa do teu horário e isso tudo
- Z! – chamaram as Gémeas já ao fundo do corredor
- Pronto, se quero ficar inteirinha, tipo… com cabeça, tenho de ir
- Até já! Vamos tratar disto de Heath e depois vamos ver do Chad e da Sammy – disse Damien. Os três rapazes seguiram para os estábulos, enquanto eu corria em direcção às gémeas que me seguiram que nem cachorrinhos para o meu quarto e aguardaram enquanto eu fazia por me demorar no banho de água a escaldar.
Passámos o resto da tarde a mostrar a casa da Noite ao Heath e a ver um filme qualquer de comédia sobre os tempos mediavais. Heath tinha implorado para ficar com o mesmo horário que eu, excepto os desportos que tinha, obviamente, futebol e mais outra coisa, pelos vistos resultou. Deitei-me relativamente cedo nesse dia visto que estava super cansada.

1 comentário:

Anónimo disse...

adoro!!! ta brutal!!! continua!