http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Desesperada- 4º Capitulo


4ºCapitulo

Zoey

- Vocês não sentem que a Natacha emite uma força muito forte? – questionou Zoey.
- Não, eu não notei nada - disse Damien - mas posso tentar ver se sinto algo.
- Porque não a convidamos para o próximo ritual da lua cheia? - disse Erin.
- Idem gémea – respondeu Shaunee.
- Eu também notei algo de diferente nela, ela não é como os outro caloiros - disse Stevie Rae, que tinha chegado pouco depois de Natacha sair.
- Talvez tenham notado só vocês, porque a Zoey é a escolhida e tu, Stevie Rae és adulta - disse Damien.
Continuámos cada um a pensar para si, será que a Deusa não está contente comigo e marcou outra humana de caloira escolhida? “Não penses nisso Zoey, ela é especial, mas não veio para te substituir, mas sim para ajudar!” Esta mensagem da Deusa ficou na minha cabeça e quando ia para abrir a boca para contar aos meus amigos o sucedido senti aquele aperto no estômago a avisar que não era a altura certa. Será que se vai repetir tudo outra vez? Será que Kalona e Neferet vão regressar e vingar-se? Ou será que vem aí algo pior que Kalona? Não queria pensar nisso.
Fomos cada um para as nossas aulas, eu ia ter equitação, uma das minhas aulas preferidas, a professora Lenóbia é uma das mais “fixes”, acho que vou votar nela para sumo-sacerdotisa desta Casa da Noite, pois Neferet fugiu com Kalona, e agora tínhamos de eleger uma nova sumo-sacerdotisa.
- Olá Perséfone - cumprimentei a minha égua e fui buscar a sua escova, quando estava a caminho do sítio onde estão armazenado os materiais de cada cavalo, reparei que Natacha estava numa das cocheiras e fui cumprimenta-la.
- Olá Natacha... – disse eu.
- Que susto, Zoey! Nunca mais me assustes assim. – deu para perceber que ela se assustou a sério.
- Desculpa, queria convidar-te para assistires ao ritual da lua cheia amanhã à noite.
- Com todo o prazer, só me tens de dizer onde é e a que horas.
- Junto ao muro leste, às três da manhã.
- Não me esqueço. – ela tinha gostado da ideia.
- Espero que não, sinto vindo de ti uma força muito forte. - contei, pois não tinha sentido aquele aperto no estômago, Nyx queria que lhe conta-se - Acho que és especial.
- Eu especial, estás a gozar? – ela estava com aquele ar de “é para rir?!”.
- Não digas isso, é verdade! E Stevie Rae também o sente.
- Achas mesmo que sou especial?
- Sim, todos nós o somos, caso contrário não estávamos aqui, mas uns mais que outros, e tu és um desses casos.
- Obrigado Zoey, estava a precisar de uma palavra amiga.
- Estou aqui para o que precisares.
Podia não a conhecer bem, mas Nyx dizia-me que ela era especial, e se Nyx gostava dela eu também gostava.
No fim de todas as aulas fui para o dormitório, que partilhava com Stevie Rae, pois ela mesmo sendo vampira adulta tinha preferido ficar ali comigo, e eu estava feliz por isso. Já tinha o ritual pronto, iríamos mandar embora as impurezas desta lua pois era a 1ª lua cheia desde que Neferet e Kalona tinham fugido e dar as boas vindas a Natacha. Adormeci a pensar em Stark, amanhã quando acordasse iria acabar a relação com Erik, pois já não sentia por ele o que tinha sentido. Eu amava Stark.
***
- Stevie Rae acorda! Estás atrasada! Tens uma aula para dar daqui a meia hora.
- Sim Zoey, só mais cinco minutos. – e voltou a fechar os olhos como se não fosse nada.
Esta rapariga saiu-me cá uma dorminhoca!
- Não pode ser... Acorda! – gritei.
- Está bem, está bem - ela levantou-se muito desorientada - Vou-me vestir, são só cinco minutos.
- Ok, mas rápido.
Fomos para o refeitório, Stevie Rae foi para a nossa mesa e eu fui falar/acabar com Erik.
- Bom dia, Erik - cumprimentei o meu quase ex-namorado - precisamos de falar...
- Diz minha princesa da noite - ficava derretida quando ele me chamava aquilo, mas azar, eu ía acabar com ele e ponto final!~
- Eu estive a pensar e, Erik, acho que nós... nós não devemos namorar mais, eu já não estou apaixonada por ti... gosto de outra pessoa - corei.
- O quê? Só me dizes isso agora? – estava meio irritado.
- Desculpa, mas eu ainda não tinha a certeza do que queria, tive a pensar nos último dias e achei que era o melhor para nós.
- Se já não me amas acho bem o que estás a fazer, aprendeste com os erros, aprendeste que trair não é a melhor solução - o que queria ele dizer com aquilo?, que eu andava com tudo e com todos? Mas num certo ponto tem razão, eu aprendi que nunca mais ía enganar nenhum namorado, depois com o que aconteceu com Loren...
- Obrigada por tudo Erik, e que tal não ficares chateadinho comigo e continuarmos amigos?
- Bem... Eu acho que por uns tempos tenho de espairecer, mas sim podemos ser amigos – vamos ver o que significa “uns tempos” para ele.
Fui contar o sucedido à minha melhor amiga, ela disse-me que eu fizera bem em acabar com Erik , pois ele era só um vampiro mimado.
***
- Stark, espera, preciso de te contar uma coisa! – gritei.
- Diz, minha linda – ele é tãããão querido.
- Acabei com o Erik, por ti...Eu... Eu amo-te – se naquele momento conseguisse corar, eu corava asério.
- A sério? - ele ficou encantado, eu adorava aquela cara contente que ele tinha quando estava feliz.
Continuámos a conversar, mas eu era como se não estivesse ali, estava completamente a vaguear por outros mundos, nos mundos onde a preocupação me consumia, estava muito preocupada com o que Nyx me tinha dito no dia anterior. “Não te preocupes ZoeyBird, nada de mal vai acontecer, espero.” Fiquei um pouco mais aliviada com o que Nyx me disse na minha cabeça. Já tinha o ritual arranjado, os meus amigos deviam estar à minha espera e Stark acompanhou-me até ao muro leste.
- Olá pessoal, já está tudo preparado? – disse eu.
- Faltam os fósforos, importas-te de ir buscá-los? - perguntou-me Damien.
- Não, claro que não – talvez o tempo de ir buscar fósforos me ajudasse a aclarar algumas ideias.
- Não tens de ir princesa, eu lembrei-me que se calhar precisassem de fósforos e trouxe – Stark disse aquilo com um sorriso enorme.
- Obrigada Stark – agradeci mas continuei a pensar que ele me roubou os meus minutos sozinha, será que ia andar sempre atrás de mim a fazer-me tudo?!
***
Vi que Natacha já tinha chegado e estavam todos instalados, Lenóbia, Dragão e os gatos também lá estavam, e eu estava feliz por todos os meus mais queridos lá estarem, Stark também.
- Boa noite, sejam bem-vindos – saudei.
- Feliz encontro - responderam todos.
Comecei a invocar o meu círculo. Virei-me para Damien e disse:
- Chamo o ar a este círculo, para que limpe todas as impurezas desta noite de lua cheia e que comece uma nova temporada - acendi o fósforo e encostei-o à vela. De seguida, virei-me para Shaunee e continuei.
- Chamo o fogo a este círculo, para que ele queime o mal que esta lua cheia nos trás e poderá vir a trazer.
Fui até Erin.
- Agora chamo a água a este círculo para que esta não só lave mas também leve para longe todas as impurezas desta lua cheia.
Por fim, dirigi-me à minha melhor amiga, Stevie Rae.
- Chamo a terra aqui e agora, para que nos segure, bem firmes a ela, de hoje em diante.
Senti todos os elementos! O vento passava por mim dançando, o fogo a aquecia-me e reconfortava-me, a água chegava-me aos joelhos e aquele cheirinho a esva fresca era óptimo. Dirigi-me à mesa onde iria invocar o último elemento, o elemento que eu representava.
- Por último eu peço ao espírito que nos abençoe a todos e a esta nossa lua cheia, para que daqui a uns tempos, voltarmos a estar reunidos de novo - acabando isto vejo no meio dos caloiros e professores a nova aluna, Natacha, a flutuar entre nós, era como se a lua ou a deusa a estivessem a levar, nunca tinha visto nada assim, nem sequer ouvi falar, foi mágico.

1 comentário:

SoraiaRaquel disse...

Senti que a conversa da Zoey com o Eri e com o Stark era demasiado artificial :S Não me transmitiu nada.