http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Nova Fanfic: Crossover - Introdução

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

A partir de hoje vamos ter uma nova fic, chama-se Crossover e é uma mistura de Casa da Noite e The Unforgiven Souls. Para quem não conhece The Unforgiven Souls, é uma história criada por raparigas portuguesas sobre Vampiros, Lobisomens e Bruxas. Para leres o seu E-Book ou as duas temporadas já lançadas vai aqui.
Decidi aceitar esta fic porque achei a história interessante, espero que vocês também. A fanfic é criada, nada mais, nada menos, por Sofia Duarte, umas das autoras de The Unforgiven Souls. Espero que gostem ;) A fic será postada todas as Segundas Feiras pelas 22:30h.



Crossover: House Of Night & The Unforgiven Souls

Introdução
Nicholas, Nicholas Edwin. Nick para os amigos. Todos sabem o meu nome, mas poucos são o que realmente me conhecem depois das horas em que permaneço na escola. A minha família ao longo dos séculos que reclama por sangue, por morte de um ser da noite que destruiu uma família dos meus antepassados. Essa coisa é boa demais para que a encontremos, apesar da nossa procura continuar a cada ‘longo fim de semana de viagem da família’.
Tudo começou há algumas centenas de anos, em 1096, quando a nossa família de origens menos abastadas se cruzou com aquela mulher. E eu, descendente dessa linha de seres vivos, tornei-me parte dessa caça que todos estes anos nos vamos desenvolvendo, cada vez mais próximos, cada vez mais perto de conseguirmos a vingança!
Mas o que mais me irrita é ser ainda tão novo, sendo assim afastado para o campo de acção. Como eu gostaria de arrancar daquelas presas a verdade sobre o que aconteceu, descobrir pelas minhas próprias mãos onde se encontra aquela assassina! Fora um erro deixar-nos vivos, um erro que acabaria por abalar-lhe aquela morte medíocre. E o quanto eu desejava presenciar a esse momento, o quanto eu queria encontrá-la!
Já faltava pouco, mais uns anos até que finalmente pudesse fazer parte da família como um verdadeiro caçador. Tal como o meu irmão fizera, antes de ser morto numa das private hunts que os mais velhos fazem. Eu não seria assim, o meu sangue pulsava confiança e seriedade, não iria cair tão facilmente na armadilha como o meu irmão fez.
Porém há sempre coisas que acontecem no mundo que fazem com que a nossa vida virasse por completo, por mais que as coisas fossem bem pensadas ao ínfimo pormenor, algo sempre acabaria por me passar à frente e fazer com o que o meu caminho fosse rapidamente alterado.
Malditas as criaturas da morte! Eu ainda me recordo daquelas palavras proferidas por aquele morto, ao entrar no meu quarto, enquanto eu procurava mais tácticas para encontrar algum rasto novo. Pensei em usa-lo para que me desse o paradeiro, a safira em forma de lua crescente em sua testa juntamente com o restante que se desenhava envoltos do seu olhar rapidamente me rematou para umas daquelas lições sobre essa espécie. O que importava como e onde eles estavam? Eram todos uns bebedores de sangue, não importa realmente que tipo é.
As palavras foram o fim, e o inicio de um momento que jamais desejarei que faça parte de mim. Eu o renego, não tenho qualquer intenção de o aceitar. E se a morte vier? Que venha! Não há dores nem torturas que me levem a desejar ser o que sempre soube como puro mal.
Eu iria encontrá-la! Por mais que custasse, não importava realmente como o faria. A sua morte estaria sobre as minhas mãos e tudo acabaria rapidamente, não importando de como ficaria no final. Caso fosse necessário me transformaria num deles, sempre a eternidade me iria garantir que a morte da Mervin seria vingada.

4 comentários:

marie disse...

gostei mt. o tema parece interesante.
vamos a aguardar pelo o proximo hihihihi
bjcx

Dee Sousa disse...

Optimo ver o cruzamento entre The Unforgiven Souls e a Casa da Noite, ambos são grandes projectos, juntos no mundo sobrenatural.
Quanto a fic, Sofia, sabes que está optima, ja te tinha dito! xD
Mal posso esperar por mais episodios que combinem as nossas duas Casas xD

MightyUnforgivenHugs

Sofia Duarte disse...

ahahah

@ Marie...

Obrigada pelo teu comentário... Fico feliz que tenhas gostado!

@ Dee...

Ahahah, Apoiadíssimo no que dizes! Só falta ver o que o resto dos leitores acham sobre este pequeno cruzamento ^^

Obrigada a vocês as duas pelo apoio! ahah

Unforgiven Hugs!

Kelita disse...

hehehehe. O gajo pensa mesmo que chega perto dos vampiros e que os mata com a facilidade de quem atira uma pedra a um lago... Se ele se estica muito, haverá um lago sim.. um lago de sangue dele no chão..... Sei quem é que adoraria entrar agora pela casa dele.... já estou a ver o sangue nas paredes... muahhahahahah

O poder da fanfic! Está muito fixe!!
Fico à espera do próximo ep!

bjs