http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic - All Right - 4º Capitulo


4º capítulo

Quando saímos do quarto, ouvi alguém a bater palmas, olhei para trás e quando vi a cara dela até fiquei arrepiada. Os olhos dela expressavam ódio e as palavras que saíam da sua boca eram frias.
- Senhoras e senhores, apresento-vos Zoey Redbird, a Miss Perfeição! – aquela Afrodite é mesmo desprezível, ainda bem que vai sair daqui.
- O que é que queres Afrodite? Não tens que ir fazer as tuas malinhas? – quando lhe atirei esta pergunta para cima, soube que a tinha afectado pois ela respondeu de imediato.
- Não tens nada a ver com isso miúda! – gritou ela
- Afectei-te, foi? Peço imensa desculpa se fui indelicada. – sarcasmo não é comigo, mas tenho que admitir que não me saí nada mal.
- Não, não afectaste e sabes porquê? Porque eu sou superior, muito superior a boquinhas dessas. E sabes que mais? Andas-te a esticar muito para alguém que não está cá nem à um mês.
- Zoey, não respondas, por favor! – Stevie Rae tinha me agarrado o braço, ela estava realmente com medo da Afrodite – Vamos embora, sim?
Quando estava a preparar-me para fazer o que Stevie Rae tinha pedido, ouvi a Afrodite dizer:
- Isso! Faz lá o que o frigorífico te pediu, talvez ela até seja inteligente.
Voltei-me para ela e olhei-a olhos nos olhos - Não lhe voltes a chamar isso, ouviste?
-Não faz mal Z, não me importo, a sério. Só quero sair daqui!
- Faz mal sim, Stevie Rae. Lá porque a menina Afrodite pensa que é importante, isso não lhe dá o direito de gozar com quem quer e lhe apetece. Pede desculpa Afrodite, já!
- Achas mesmo que eu vou fazer o que tu mandas? Deves pensar! – e com isto sacudiu o cabelo para trás. Manias…
- És mesmo uma cabra desprezível, por isso é que ninguém gosta de ti, por isso é que as tuas “amigas” te abandonaram no ritual. Se tivesses um bocadinho de bom senso talvez a Neferet não te tivesse expulsado daqui!
- Chega! Já te disse que esse assunto não te diz respeito, nem a ti nem a ninguém!- okay, tinha-a irritado mesmo, os olhos dela tinham agora um brilho vermelho, brilho esse que me dizia que devia ter estado calada, azar o que está dito, está dito.
- Se me vais atacar pensa duas vezes, estás te a esquecer de um pequeno pormenor!
- Que pormenor?
- Eu tenho afinidade com os cinco elementos, Nyx está comigo em qualquer momento, se me atacares estarás a atacá-la.
- O que é que tu sabes sobre Nyx? És apenas uma miúda, uma miúda que foi Marcada à uns dias e que tem uma Marca esquisita. As pessoas aqui veneram-me, tratam-me como se eu fosse uma rainha, eu estou destinada a ser a próxima Sumo-Sacerdotisa da Casa da Noite de Tulsa. – ela disse isto com tanta confiança que quase me deixei ir nas palavras dela.
- Estás enganada, as pessoas não te veneram, as pessoas têm medo de ti e por isso agem como estúpidas quando estão ao pé de ti. E mais uma coisa, tu ESTAVAS destinada a ser a próxima Sumo-Sacerdotisa, se não tivesses feito tantas asneiras, talvez o lugar ainda fosse teu. Como disseste à bocado, eu posso não andar cá à tanto tempo como tu, mas de uma coisa tenho a certeza, tu já não pertences aqui enquanto que eu pertenço, por isso, pára de ser cabra e sai daqui com a pouca dignidade que te resta! – parecia mais confiante do que estava, o que era bom
- Vais te arrepender miúda, nem sabes o que te espera! – a voz dela era perigosa, demasiado perigosa.
- O que é que se passa aqui? – a voz de Neferet soou alto e bom som fazendo-me estremecer, quando me virei vi que Stevie Rae a acompanhava, estava tão concentrada em discutir com a Afrodite que nem reparei que a minha melhor amiga não estava comigo. – Afrodite, tu outra vez, porque é que será que não me surpreende?
A Afrodite simplesmente cruzou os braços, revirou os olhos e deixou-se ficar na mesma, como se não fosse nada com ela.
- Obrigado por me chamares Stevie Rae, podes descer para junto dos teus amigos. – desde que cá cheguei que admiro a Neferet, ela conseguia ter a simpatia de uma mãe para todos os iniciados, especialmente para mim.
- Desculpe Neferet, eu não queria arranjar confusão.
- Não faz mal Zoey, eu sei que não querias que nada disto acontecesse. – ela veio até mim e pousou a mão no meu ombro – O que é que ainda estás aqui a fazer, Afrodite? Eu tinha-te dito que não te queria aqui depois da hora de acordar!
- Eu sei perfeitamente o que me disse, mas não me podia ir embora sem avisar a sua menininha querida do que lhe espera. – sorriu maliciosamente para mim enquanto dizia aquilo.
- Não tenho medo de ti megera! – se não fosse a Neferet a agarrar-me com força no ombro, aquela loira estava tão feita.
- Zoey tem calma, não te exaltes. Não vale a pena gastar energias com a Afrodite, ela já está de saída.


Que Nyx vos abençoe!

3 comentários:

taniacpl disse...

isto é algum excerto do livro?

Katley disse...

taniacpl: É uma fic

SoraiaRaquel disse...

Acho esta fic demasiado forçada, não sei talvez seja por saber o que se passa realmente. No entanto acho os dialogos demasiado forçados como senão fossem naturais, não sei se me estou a expressar bem, mas prontos, é apenas uma opinião.

Boa sorte para a continuação.