http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Extras de Loren Blake

Aqui está o final da 4ª parte, espero que gostem :)

Parte 4.3

É óbvio que a Neferet apareceria esta noite. Eu já não sentia o prazer que sentia quando estava na sua companhia.
- Sabia que me virias contar os acontecimentos.
- Como estão as coisas?Os Filhos de Erebus estarão aqui o quanto antes. E... conseguiste alguma coisa daquela insuportável?
- Bom, Zoey e Aphrodite não são amigas, foi só uma boleia que ela deu. Isso não te parece suspeito? Na verdade parece mentira. A princípio eu também não acreditei, então pressionei-a um pouco, mas ela pareceu-me sincera.
- O quê? – disse Neferet.
- Eu não disse nada. – disse-lhe e ela abriu um enorme sorriso.
- Tenho um encontro, com licença.
Fiquei com uma curiosidade que até pingava dos ouvidos, o que será que estava a acontecer? Onde seria esse encontro?
Resolvi segui-la.
Quem sabe eu não conseguia alguma informação importante que poderia ser utilizada num futuro próximo.
Ela foi para o seu quarto, mas esqueceu-se de trancar a porta e eu entrei sem fazer o menor barulho. Fiquei abismado com o que vi. Uma das paredes era falsa. Encostou-se à moldura de um quadro e a parede girou como as de banco. Pregado à parede havia um altar, mas não era um altar para Nyx, este tinha uma imagem de um anjo branco com asas negras. Ela acendeu uma vela e começou a conversar. Eu não ouvia ninguém do ouro lado, mas ela respondia a alguém, isso era certo. Será que o anjo falava com ela? Então percebeu-se da minha presença, como se o anjo a tivesse avisado. Senti um calafrio a percorrer-me a espinha.
- Caralho! O que raio é que estás a fazer aqui? – disse Neferet.
- Esqueci-me de te contar uma coisa e a porta estava aberta então entrei. – disse. A tentar pensar no que falaria com ela.
- Espero que seja importante. Porque estou muito ocupada.
- Estou a ver. Desculpa. Quem é esse anjo branco? Se eu puder perguntar.
- É Erebus o consorte de nossa Deusa, ela pediu-me para que eu lhe construísse um altar. Mas isso não é da tua conta. Diz rápido o motivo da tua vinda aqui e depois sai.
- Bom, parece que a Zoey tem uma impressão muito forte com o seu ex-namorado humano. Achei que isso era importante já que demonstra a força que ela tem mesmo sendo uma caloura.
- És um incompetente, isso sim. Essa informação eu já tinha à muito tempo. Mas podes me ajudar de uma maneira espetacular.
Chegou-se a mim roçando os seus seios no meu peito e passando a mão pelas minhas partes duras, mas isso já não me atraía mais. Fingi que reagia ao seu toque para que não percebesse.
- O que precisar, Sumo-Sacerdotisa.
- Não quero que esperes mais. Quero que acabes com a virgindade daquela rapariga e faças com que ela confie completamente em ti. Eu quero que ela fique sozinha sem nenhum amigo por perto. Quero-a sozinha entendeste?. Não temos muito tempo, tem que ser rápido. Podes fazer isso rápido por mim. – ela enfiou a mão dentro das minhas calças e eu tremi.
- Já tens provas que ela esta contra ti? Contra Nyx? Como é que conseguiste?
- Como eu consegui não interessa. E tu tens que decidir o teu lado, agora que uma luta muito importante está para começar. Estás do meu lado, que é o mesmo que Nyx, ou do lado deles?
- É claro que estou do teu lado, querida – arquivando as minhas dúvidas para pensar depois. O meu amor por Zoey estava a levar-me para o lado errado? Deveria escutar o meu coração ou a minha mente?
- Então vai e faz o que eu pedi. Lembra-te que tem que ser rápido. – disse ela e mesmo antes de eu sair, já estava virada para o anjo branco, outra vez a conversar, a responder e a perguntar. De alguma forma eu não conseguia assimilar o que falavam. Será magia?
A minha cabeça nunca esteve tão confusa, sempre acreditei tanto em Neferet, será que ela estava a virar as costas a Nyx? Eu não conseguia acreditar nisso. Sem perceber, as minhas pernas levaram-me para a estátua de Nyx. Ajoelhei-me, fechei os olhos e rezei: - Nyx, minha Deusa. Eu só quero seguir a sua vontade e agora estou confuso, já não sei o que é certo e o que é errado. Sempre pensei que se deveria confiar numa Sumo-Sacerdotisa porque ela foi escolhida por si para cuidar do nosso povo. O que acontece? Queria tanto que me pudesse responder.
Nyx apareceu em frente à estátua. Envolta numa luz forte, mas ao mesmo tempo apaziguadora tranquila.
- Querido filho, pensei que talvez pudesses ajudar a minha filha a ver o lado do bem, mas tu também não conseguiste. Preciso que estejas do lado da Zoey. Ela está do lado do bem. Ela precisa muito da tua ajuda. Neferet e o sue anjo caído não podem matá-la. Lembra-te, só ela pode salvar o mundo deste mal. Ajude-a. Amo-te meu filho.
- Mas como devo faze-lo, explique-me como.
Ela já tinha desaparecido. E o perfume de flores abertas na primavera e o cheiro salgado do mar foram-se desvanecendo. A Deusa tinha falado comigo e dito que me amava. Então o que eu sentia pela Zoey não era proibido. Eu tinha o consentimento da Deusa.
Não me ocorreu que se eu trocasse o meu sangue com ela e conseguisse uma Impressão eu conseguiria sentir quando ela estivesse em perigo e então poder salvá-la.
Então seria isso que eu iria fazer. Além de ficar de olho na Neferet a toda a hora.


Que Nyx vos acompanhe :)

Sem comentários: