http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Extras de Loren Blake

Oi jente, aqui está um bocado da 4ª parte. Espero que gostem. Parte 4.1 Fui acordado por uma gritaria. Que inferno! Parei de praguejar quando ouvi a voz da minha amada. Vesti-me, já que normalmente durmo nu, e quando cheguei lá a baixo encontrei Zoey e Aphrodite a chorar desalmadamente. Os meus instintos alertaram-se, à procura do motivo de tanta comoção. Pensei logo que Neferet tinha arranjado alguma coisa contra Zoey. - Neferet? O que se passa? – percebi que lutaria até contra Neferet se fosse necessário para defender a Zoey. - A Professora Nolan. Ela está no muro oriental. Matáram-na. Fiquei chocado comigo mesmo quando percebi o meu alívio por não haver nada de errado com a Zoey. Ora bolas era uma amiga que tinha morrido. As minhas emoções estavam a atropelar-se umas nas outras. Quando chegámos ao muro Oriental fiquei indignado com o que vi. A professora Nolan estava morta de forma cruel com o coração arrancado. Zoey estava trémula, o que era completamente normal. Nem o vampyro mais forte não se escandalizaria com a crueldade deste assassinio. Ainda ontem a Neferet estava a falar sobre a importância de uma luta contra os humanos. Que não nos tratavam como iguais, que Nyx não estava a gostar e que teria de haver algum tipo de protesto. Pelo que estava escrito no papel pregado no corpo a situação estava a ficar feia. Neferet pediu-me para levar a Zoey ao dormitório com a clara intenção de que eu a vigie e descubrir de que lado ela estava. Penso que uma pessoa com tantos dons de Nyx, só pode estar do melhor lado. Entrei no carro e senti uma profunda vontade de protegê-la e principalmente alegrar um pouco o seu coração. Tentei contar algumas histórias, mas senti que não estava a prestar atenção. Sei que tudo o que aconteça com um vampyro que seja emocional ou físico é curado com uma boa dose de sangue. E ela iria melhorar consideravelmente se bebêsse um pouco de vinho. Protestou um pouco enquando a levava para a cozinha. Resolvi também fazer alguma coisa para ela comer além do sangue. - Tem sangue! – disse espantada. - Sim. É assim que os vampyros bebem vinho: misturado com sangue. Se não gostares posso ir buscar outra coisa para beberes. – disse para provocá-la, já que ela tinha impreção com um humano. Significava que ela adorava o sabor dosangue, tanto como eu. - Não, está bem. Eu bêbo assim. O meu sorriso aumentou, mas virei-me para que ela não visse. - Senti que não terias problemas com isso. - Porque dizes isso? – perguntou. - Tiveste uma impreção com um humano nã foi? Foi assim que conceguiste encontrá-lo do assassino em série. - Sim. - Foi o que pensei. Acontece. Às vezes dsenvolvemos uma impreção sem querer. - Não aos calouros. Nós nem sequer devemos beber sangue humano. Sorri. Ela não faz ideia da força que tem. E como fica sexy quando se cobre de inocência. Ai que me estão a dar os calores :P Que Nyx vos acompanhe

7 comentários:

Soraya disse...

Tenho acompanho este extras do Loren Blake e tenho a dizer que estão fantasticamente maravilhosos! Como eu não me importava de ter um professor assim! Curiosíssima pela continuação!

Continua o óptimo trabalho

Que Nix te acompanhe!

Nes disse...

Acho estes excertos muito interessantes mas só peço uma coisinha, tenham em atenção aos erros ortográficos. Tirando isso continua com o bom trabalho ;)

Que Nyx vos abençoe!

Sara S. disse...

olá
obrigada pelo apoio e interece, também adorava, mais aqui ainda é mais dificil ter um stor desses. Em fim.. pesso desculpa pela falta de parágrafos mas não sei o que se passa pois não fica com eu ponho para eniar. E em relação aos erros, bem, essa sempre foi a minha falha, por muitos livros que eu leia (e eu leio uns MESMO grandes :P)não ocnsigodeixar de dar alguns erros que por sua vez não acusam no meu word. mais uma vez as minhas sinceras desculpas.
Obrigada mais ma vez e que Nyx as acompanhe :)

Nes disse...

Olá Sara
Não é preciso pedir desculpas, percebo perfeitamente, pode acontecer a qualquer um ;) Se precisares de ajuda com alguma coisa diz, o meu email é nes.elements@gmail.com

Sara S. disse...

brigada
praser em conhecer-te :)

Sara S. disse...

brigada
praser em conhecer-te :)

Nes disse...

Igualmente ;)