http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Desesperada - 11º Capitulo




11º Capitulo

Emma Kendrick
Tinha passado uma semana desde que a minha melhor amiga descobriu que estava grávida, o seu namorado tinha assumido a responsabilidade mas os seus pais, a mãe em especial, estavam fulos com ela. Havia outra razão sem ser ela estar grávida aos 17 anos, havia algo mais... mas nem eu nem a Lessie sabiamos o que era.
Estava na cama a ver televisão, à espera que adormecesse quando ouvi barulho no corredor, devia ser o meu pai para me vir apagar a televisão como fazia todas as noites antes de ir para a cama, senti a porta a abrir e alguém (que quase de certeza que era o meu pai) a aproximar-se. Senti a sua respiração e abri os olhos, tentei gritar mas não consegui, não era o meu pai, era o caça-cabeças, o vampiro que marcava os humanos a mando da Deusa Nyx! Senti o seu dedo pousar-me na testa e sabia que quando me olhasse ao espelho teria lá um esboço de uma meia-lua cor de safira, o caça-cabeças desapareceu subitamente, sem que eu visse por onde saiu.
Não queria que o meu pai me visse a marca, peguei numa das minhas mochilas super giras e enfiei para lá toda a roupa possível e imaginária. Sai do quarto devagarinho para não me ouvirem e deixei um pequeno bilhete na mesa da entrada a dizer: Fui marcada, vou ter com o mano. Amo-vos. Dirigi-me à porta, esperando não fazer barulho enquanto a fechava.

Cheguei finalmente à casa da noite, eram cerca de cinco da manhã, tinha vindo a pé, a casa da noite ficava a dez minutos de carro da minha casa, meia hora a pé. Entrei, mas não vi ninguém, então, corri, para o dormitório dos rapazes (sim, já conhecia mais ou menos a casa da noite, vinha visitar o meu irmão várias vezes) na esperança de encontrar o Dylan.
- Emma, Emma. Estou aqui - ouvi a conhecida e amável voz do meu irmão ao longe, ele correu para mim e eu para ele, abraçámo-nos num abraço doce, forte e cheio de amor.
- Mano, já sabias... já sabias que ia ser marcada?
- Sim querida, mas não tive coragem para te contar... Desculpa! - eu queria que ele me tivesse contado, mas não contou e não podemos voltar a trás- Disseste ao pai? Ou à mãe?
- Não disse a nenhum, deixei um bilhete na entrada. O pai não vai gostar nada disto, ele odeia vampiros (ainda gostava de saber porquê) e agora os seus dois filhos foram para a casa da noite para aprenderem a lidar com a mudança... - abraçámo-nos novamente, adorava os abraços do meu irmãozinho, de repente Dylan virou-se para o lado, quando me virei para olhar para o que ele estava a ver, vi uma rapariga muito bonita com cabelo preto alcatrão e olhos azuis, vestia um vestido curto preto de lantejoulas e purpurinas, estava com cara de quem viu alguma coisa e não gostou.
- Natacha, isto não é mesmo o que parece - disse-lhe o meu irmão, talvez ela gostasse dele, ou talvez eles namorassem, que fixe.
- Não é o que parece? Estás agarrado a outra e não é o que parece? Se não gostavas mais de mim podias-me ter dito, as coisas não se fazem assim - ela era realmente a namorado do meu irmão, quando ele lhe explicasse o sucedido vou ralhar com ele por não me ter contado...
- Querida, eu amo-te, não te estou a trair... - ele foi interrompido.
- Se não me estás a trair, estás a fazer o quê? Estás a acariciar outra qualquer, o namorado acabou com ela foi? - Aquilo irritou-me solenemente, primeiro: Eu não era uma qualquer. Segundo: O meu namorado não acabou comigo. Terceiro: O meu irmão não a estava a trair.
- Olha lá, porque é que não deixas de ser infantil e não percebes que ele é meu irmão.
- Ham? És irmão dela?- parecia confusa e a raiva tinha desaparecido.
- Sim, foste precipitada, achas mesmo que te ia trair? – e ela respondeu com uma pergunta.
- És a Emma?
- Sim, muito prazer – agora, pela expressão dela, era como se peças soltas se encaixassem.
- Isso faz sentido, o teu irmão andava em baixo desde que soubemos que iria haver uma nova aluna, Emma Kendrick, e assim também já faz mais sentido vocês terem o mesmo apelido. Desculpem-me. - Despois de saber a verdade, Natacha parecia muito mais simpática do que quando estava a fazer uma cena de ciumes.
- Sê bem vinda.
- Obrigada - quero conhecer melhor esta rapariga, quero saber se é bom partido para o meu irmão. Ri-me interiormente.


Mais algumas personagens:

Emma Kendrick



Lessie Scoot





Comentem sff

1 comentário:

Anónimo disse...

Oi,
A fic está muito fixe.
V-me desculpar mas eu tenho uma versão diferente das coisas. O Erik não é um puto mimado. Aliás é uma das minhas personagens preferidas tal como o Stark. Este é o único senão! Mas de resto: Acho que sim. Está brutal.