http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Forgiven - Capitulo 14

- Olá, Z! – Disse Jack – Onde está o Erik, ele foi atrás de ti, não foi?
Deixei o meu rosto olhar para baixo e conter as lágrimas – Foi. – Fiz uma festinha a Loren (que estranho ele ser um gato… É… esquisito… Será definitivo? “Não” disse-me ele em pensamento. Melhor…)
- Então e a Nala? Vai ficar zangada… - senti felicidade por mudarem de assunto
- É, também já pensei nisso. Encontrei-o quando estava em cima do carvalho grande, depois de… - pausa – depois de… lá subir?
- Hum, não nos convences com essa Zoey… - Damien disse.
- Não quero falar disso. – olhei para o gato que tinha nas mãos. Correcção: olhei para o sítio onde antes tinha o gato nas mãos. Eles são mais livres que o vento, exagerando claro. Mudei de assunto outra vez: Gente, não é depois de amanhã que começam as aulas?
- Pois é – disse Erin, completamente absorta em… T.J. … só podia – Hum… Quer dizer, acho que sim, não sei, acho que tenho andado um bocadinho perdida no tempo…
- Também eu Gémea – disse Shaunee arqueando as sobrancelhas para o Cole
- Pois, pois, e depois fingem ter engulhos… - disse Damien – Mas sim Z, acho que é.
-Hum… - longa pausa - Não queria mesmo ter de partilhar o quarto com alguém a não ser a Stevie Rae… - disse cabisbaixa
- Somos dois, Zoey. O que me vale é que o novo aluno poderá trocar de quarto com o Jack – sorriu
Nesse momento quis mesmo falar com Heath. Tinha saudades dele. Ultimamente, em sonhos ou não, tinha-me ajudado a sentir-me melhor, sempre como amigo. E sabia-me bem ouvir a voz dele. Fazia-me sentir mais segura de mim.
- Malta eu vou para o dormitório, quero ligar a uma pessoa. Vêm?
Acenaram todos com a cabeça, depois seguimos para o dormitório das raparigas. Parei a uns metros da entrada. Erik estava ali. “Não. Agora não, Zoey. Não é tempo para teres destas lamechices.” Tentei dizer para mim mesma. Erik levantou-se e beijou-me… fiquei sem saber o que fazer, bem para além de o beijar também… foi bom, reconfortante, fantástico, longo, mas também me fez sentir ainda pior… Corri para dentro do dormitório, enquanto os outros me seguiam. Deixei-me cair num sofá encarnado, onde me encolhi, comecei a chorar e tapei o rosto com as mãos.
- Zoey, tu… O Erik… O que se passou, fofa? – perguntou-me Damien. Ao que parece Jack e Shaunee tinham ficado ao pé dele. Ainda bem. Não queria tirar-lhe os amigos, nem partir-lhe o coração, nem nada, raios!
Abanei a cabeça para indicar que não se tinha passado nada.
- Z, tu não desatavas a correr e a chorar, quando o Erik te beijava, por nada, pois não? – abanei outra vez a cabeça
Nesse momento o meu telemóvel vibrou no meu bolso. Olhei para o visor. Era Heath. Rejeitei a chamada, não ia falar com ele e ignorar os meus amigos. Ia ligar-lhe mais tarde. No meu quarto. Antes da outra chegar. Apressei-me a escrever-lhe um mensagem:
# AGR NÃO POSSO. JÁ T LIGO
# TÁ BEM FOFINHA
- Foi só… - disse para eles a soluçar – eu… Nyx disse-me que eu não poda ficar com o Erik… E eu… eu sigo os conselhos da Deusa… Ainda há bocado, quando entrei com o gato nas mãos, tinha acabado de acabar com o Erik…
- Bem… Deves estar de rastos…
- E estou… Gosto tanto dele! Não o queria perder nunca!
- Oh Zoey! Tenho tanta pena, fofinha! Logo hoje! Dia de ano novo…– Damien estava a todo o custo a tentar reconfortar-me. Era um querido, mas adorava festividades
Funguei, fui à cozinha buscar uma cola sem ser de dieta (já não bebia disto há já algum tempo…). Depois voltei a sentar-me no sofazinho, a ver as repetições que estavam a dar na TV. Erik, pelos vistos, já se tinha ido embora, Shaunee e Jack estavam agora sentados. Não sei quanto tempo tinha passado desde estas confusões todas… Olhei para o visor do telemóvel. Três e meia. Não admira que estivesse com fome… Já eram horas de jantar.
- Estou com fome, mas não me apetece jantar no meio daquela gente e confusão. – todos concordaram – E se eu fosse buscar alguma coisa ali à cozinha? Tipo daquelas pizzas que têm ali. São é vegetarianas…
- Por mim tudo bem Z! – disse Jack
- Sim, por nós também – disseram as Gémeas em conjunto
- Eu vou contigo Zoey. – E eu e Damien seguimos até à cozinha, pusemos duas pizzas em dois microondas e falámos um bocado sobre o Erik… Quando as pizzas ficaram prontas já me sentia melhor…
- Cá estão. Duas pizzas quentinhas à nossa espera.
- Hum… Obrigada Damien – disseram todos
- Zoey, não estás entusiasmada por saber como vai ser a tua colega de quarto? Se será loira, morena, cabra, parva, estúpida, bonita, calma, honesta… – perguntou-me Erin entre duas grandes dentadas na grande fatia de pizza
- Nem por isso… - disse. Depois de pormos os pratos numa das máquinas de lavar louça, despedi-me deles e subi para o meu quarto. Arrumei melhor a casa de banho, a minha secretária, a minha cama… Não queria passar uma de desleixada… Depois parei em frente ao guarda jóias e tirei o colar com o bonequinho de neve que Erik me dera. Vi algo brilhar por baixo disso. Era a pulseira de prata que o Heath me mandou nos anos. Era linda. Guardei ambos, vesti o pijama e deitei-me, depois de pegar no manual de Sociologia Avançada e ler alguns capítulos sobre… nem sei sobre o quê… limitei-me a ler sem prestar atenção. Ouvi a porta de Nala abrir e fechar. Ela veio enroscar-se ao meu lado. Depois ouvi outro gato. Sentou-se ao lado de Nala e desejou-me bons sonhos. Loren… Como é que ele podia ser um gato? Quer dizer um gato a sério… Adormeci a pensar nisso, mas não tive sonhos. Por sorte minha…
Ainda ouvi entrar a nova rapariga mas não liguei.

1 comentário:

Danyela ☾ disse...

OHH Adorei.....estou ansiosa por saber quem vai ser o novo aluno da casa da noite!!!

Estou ansiosa!!!