http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Nova fanfic: Confused - Capitulo 1

Olá Filhos e Filhas das Trevas!

A partir de hoje temos uma nova fanfic, chama-se Confused e trata-se da continuação de Escolhida do ponto de vista de uma nova iniciada, Mia. Espero que gostem! A fic será postada todos os Domingos pelas 19h.

Capítulo I

Olhei à minha volta.
Aquele era um mundo completamente diferente daquele que eu conhecia.
Talvez não fosse assim tão mas isso é muito subjectivo.
Depende de pessoa para pessoa.
Das suas capacidades.
Das suas habilidades.
Depende de tudo.
-Olá. Deves ser a iniciada nova. Eu sou a Erin – Cumprimentou-me repentinamente uma rapariga incrivelmente branca e loira.
-Olá – Disse, meio tímida.
-Eu sou a Shaunee – Apressou-se a dizer outra rapariga, fisicamente exactamente o contrário da primeira. Tinha a pele cor de chocolate e os olhos castanhos.
-Vens almoçar connosco? – Perguntou-me Erin.
-Na verdade não tenho muita fome. Vão indo vocês, só vou aos dormitórios ver se a minha companheira de quarto já lá está. – Respondi.
Eu tinha sido marcada há cerca de umas 5 horas e, por isso, vim a casa da noite. Quando cá cheguei, a Neferet disse-me que a minha companheira de quarto estava a passar por um mau bocado, por isso não lhe deveria fazer muitas perguntas acerca do que se passava. No entanto, quando lá fui colocar as minhas coisas, ela lá não estava. Por isso é que quero conhece-la, porque quero ajudá-la.
Subi as escadas dos dormitórios a correr.Quando finalmente cheguei à porta, hesitei.
Eu não devia desobedecer Neferet, mas não consigo ficar indiferente perante o sofrimento de outra pessoa…
Abri a porta com demasiada brutalidade.
Uma rapariga deitada em cima da cama e com as mãos sobre a cara, olhou-me e fiquei paralisada com as suas tatuagens. Desciam elegantemente desde a sua testa até aos ombros. A sua meia-lua na testa estava completa com aquela cor azul safira. Ela arranjou os seus cabelos pretos para traz e, tentando recompor a voz de ter ficado a chorar, cumprimentou-me:
-Deves ser a minha nova companheira de quarto hein?
-Sim sou. Chamo-me Mia.
-Mais uma loira – Disse-me, na brincadeira. Sorri-lhe. Ela tinha razão, o cabelo loiro nesta casa da noite parecia uma doença infecciosa. – Sou a Zoey e desculpa esta recepção tão lamechas.
-Na boa. Queres desabafar? Olha antes de mais, a Neferet disse-me para não falar muito contigo mas não consigo. Sabes ela parece ser uma pessoa tão fria…
-Como é que sentes isso?! – Perguntou, quase exclamando e interrompendo-me.
Corei e sentei-me na cama ao lado dela. Tinha a maquilhagem borratada. Era quase para lhe dizer isso mas decidi ficar calada. Era apenas um pormenor insignificante.
-Sabes Zoey, eu vou contar-te aquilo que nunca contei a ninguém, porque também sinto que posso confiar em ti.
Ele recompôs-se e ouviu-me com muita atenção.
-Antes de Nyx me marcar, eu já tinha uma afinidade pouco comum nos humanos. Nunca a contei a ninguém porque tinha medo das reacções das pessoas.
-Então porque é que me estás a contar?
-Porque tu tens uma aura azul.
Zoey franziu a sobrancei-lha.
-Aches estranho ou não, bizarro ou não ou qualquer outra coisa, eu vejo as auras das pessoas e a tua transmite lealdade, sensibilidade e simpatia. Por isso estou a confiar em ti. E, agora, se tu quisesses fugir daqui e contar a toda a gente que estás a falar com uma maluquinha, a tua aura mudaria para castanho, mas não mudou…
Ficamos durante cerca de um minuto a reflectir em tudo isto. Ela ia abrir a boca para falar, provavelmente, sobre o meu dão sobrenatural, quando sobrepus a minha voz à dela:
- Por que estavas a chorar?
Ela pegou num lenço de papel, fungou e, clareando novamente a voz, respondeu:
-Os meus amigos estão zangados comigo porque lhes escondi algumas coisas, as quais não lhes contei para o bem deles, mas não compreenderam.
-Oh. E tem algo haver com a Neferet certo?
Zoey levantou-se num salto.
-Porque dizes isso? – Questionou-me
-Sou muito, muito intuitiva.
Levantei-me, despi o casaco e disse:
-Vamos almoçar?
-Sim
-Mas olha, Zoey, antes é melhor retocares a maquilhagem.
Ela riu-se, e soltou uma gargalhada ainda maior quando se viu ao espelho.
-Só mais uma coisa – Disse-me ela – Quem é a tua orientadora?
-É um ele e pelos vistos ainda não chegou – Fiz uma pausa e continuei – A Neferet disse-me que é o professor substituto da professora Nolan. É um tal Erik Night ou uma coisa assim. Olha, já agora, o que é que aconteceu à profess…
Naquele momento, apercebi-me de que Zoey estava caída no chão, com o lápis dos olhos nas mãos. Com a voz ofegantes e a mão no coração,sussurrou:
-O Erik.

9 comentários:

Anónimo disse...

Uau, parece ser msm fixe esta nova fic. Estou ansiosa pelo segundo capítulo.
Continuem a postar.

Catarina disse...

Parece-me muito interessante, acho que acabei de ganhar um novo vício pós domingos :p
Quero ler mais ^^

Que Nyx vos abençoe
Cat

Bia* disse...

Concordo com a Catarina xD

Está muito bom, quero muito mais!

Beijinhos, Bia

☾ ănă ☾ condє ☾ disse...

8O

nao acredito!!!!! ta lindooooooooo
continua pleaseeeeeee

Laura disse...

Ta mesmo fixe. Vou segui-la todos os domingos.

Danyela ☾ disse...

OMG adorei...poço estar enganada mas parece-me que vem ai um novo triangulo amoroso ... não???

HIHIHI....estou ansiosa!!!

QUERO MAIS E MAIS!!!

Continua e eu claro que vou seguir esta fic maravilhosa todos os domingos...pena que seja só aos domingos!!!

BitizGuerra disse...

Omg, espectacular!! Queroo maissss xDD

Danyela ☾ disse...

Acabei de ver que o meu comentario nao está qui...por isso comento de novo: adoro esta fic, está mesmo muito fixe e estou ansiosa de ler o proximo capitulo.

bjs

Glliie disse...

OMG tá brutal! Só um pensamento cruzou a minha mente qando acabei de ler o capitulo 6: QUERO MAIS!!
Apesar de axar um bucadinho mal a Mia tar assim envoldida com o Erik (pq supostamente a Zoey e o Erik ainda gostam um do outro)tá a ser uma boa continuação de Escolhida. Parabens à escritora