http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Vampiros em Portugal?

Boa noite filhas e filhos das trevas!
Tenho uma história horripilante que encontrei nos meus meios de busca, aviso as pessoas que são mais sensiveis ou com problemas cardiovasculares ou que tem medo do escuro para não lerem e juro que não estou a brincar.
Ora cá vai...

Á uns belos anos atrás, à quase 20 anos, deu-se um acidente em Évora, em que um autocarro carregado de gente para ir ver um Jogo de Futebol, despistou-se, em que morreram quase todas as pessoas que iam lá dentro.
Digo isto porque tenho a certeza que vão desacreditar do que vos vou contar, mas o que vos posso garantir.
Acontece que a senhora foi enterrada em Évora.
E passado 15/18 anos, foram desenterrar a dita Senhora, que naquela altura, já deveria estar em ossos....
Mas pelo o espanto dos respectivos familiares, a senhora ainda estava intacta!
A senhora tinha o cabelo muito comprido, unhas grandes, e estava perfeitamente intacta, como se estivesse a dormir sem respirar e a crescer sem se mexer.
E segundo a reportagem que vi no Canal História, os Vampiros saem das campas para se alimentarem, e mais tarde, voltam para lá, para o seu tumulo.
E o cabelo crescem-lhes, e as unhas também, entre outras coisas, desde de terem um fio de sangue a escorrer-se-lhes pela boca e outras coisas mais…
Apesar de todas estas coisas serem explicadas pela ciência, dado que o fio vermelho confundível com o sangue podem ser líquidos do estômago expelidos pelo corpo, e a impressão de as unhas e os cabelos crescerem deve-se ao facto que, sendo o nosso corpo constituído maioritariamente por água, os nossos tecidos sanguíneos, mirram, descobrindo o cabelo que estava dentro de uma pele saudável ou seja de um ‘’corpo’’ vivo.
Em relação aos dedos, eles também mirram, ficando com aquele aspecto macabro de pele e osso, dando a ilusão de que as unhas realmente cresceram.
Mas o que acontece, é que a senhora tinha os cabelos pelos cotovelos!!
E, antes de morrer, tinha o comprimento normal de cabelo que uma mulher tem, que pode ser um pouco abaixo do ombro, ou ao nível do meio das costas.


Que tem opiniões ou teorias para a explicação deste facto macabro?

Que nyx vos abençoe!

1 comentário:

sennyiv disse...

este post estava noutro blog, é feio copiar coisas, e é bom que nao copiem, porque se os leitores que tanto gostam descobrem, voces ficam mesmo mal vistos, e pensem em todos os que gostam de voces.