http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Wrong - Capítulo 3

Foi então que um cheiro demasiadamente conhecido invadiu as minhas narinas e rapidamente as lágrimas brotaram dos meus olhos.
- NÃO! – Gritei, correndo na direcção de Erik, que já permanecia deitado no chão sujo do pátio. Olhei-o e todo aquele sangue grelou da sua boca. E depois das suas ventas, o cheiro era já impossível de ignorar. As lágrimas eram tantas que já nem via focada mente o rosto belo de Erik. No meio daquele vermelho ainda conseguia distinguir os belos olhos azuis, mas estavam tristes. Passei a minha mão pelos olhos de modo a limpá-los. Erik a custo agarrou-a.
- Eu…amo-te Z. – balbuciou muito baixinho entre tosse. Fazia um enorme esforço para me agarrar devidamente na mão.
- Eu sei, meu amor. – Respondi, sussurrando-lhe. Encostei-o contra o meu peito e chorei. As diversas lágrimas molharam o cabelo dele.
Neferet e os meus amigos chegaram ao local e ficaram chocados com aquilo que viam. Estes últimos traziam toalhas, que rapidamente mas passaram e limpamos o corpo de Erik. Neferet deu-lhe de beber aquilo que iria impedir de sentir qualquer tipo de dor. Merda, sabia bem demais esse ritual graças á morte de Stevie Rae. Isto dói demais. Não aguento tantas perdas. As lágrimas duplicaram. Chegaram outros vampes para levar Erik para a… morgue. Observei o seu corpo pela última vez. Erin, Shaunee e Damien choraram comigo. Damien abraçou-me.
- Lamento Zoey. – Sussurrou-me, fazendo-me chorar mais. De seguida as gémeas juntaram-se a nós e abraçaram-me fortemente.

Todos me olhavam de lado, tinham pena de mim, podia senti-lo através de cada olhar que me era lançado. Jack chorava agarrado ao Damien. Perguntei-me porque era assim. Porque tinha de perder tudo o que mais amava, não era justo, nunca foi justo. Ouvi mais alguém a lamentar-se, não, não o deviam fazer, lamentam o quê? Não foram eles a perder a melhor amiga e depois o namorado, não foram eles que viram a melhor amiga a tentar comer o ex-namorado humano! Porra, nenhum deles viu a Stevie de olhos vermelhos e a cheirar a podre, e nenhum deles tinha perdido o namorado, nenhum deles perdera a pessoa que mais amara. Quanto mais perder as duas pessoas que mais amava.
Caminhei até ao dormitório, os meus amigos andavam mais atrás, acharam que devia estar sozinha, estão certos. Entrei no quarto e olhei directamente para a antiga cama de Stevie Rae e desmanchei-me de novo em lágrimas. Nala olhou tristemente para mim e roçou-se na minha perna.
- Acho que roçares-te em mim, não vai ajudar muito. – Falei rapidamente, agarrando nela para a deitar na cama. E deitei-me ao lado dela. Nala aproximou-se e voltou-se a roçar, desta vez na minha cara. E aninhou-se ao pé do meu peito.
- Acho que nada que aconteça possa ajudar de qualquer forma. – sussurrei, mas não me dirigia a ninguém em concreto. Passei a minha mão pelo pêlo macio de Nala e já nem conseguia chorar. Não consigo mais. Estou cansada. Não sei como será a minha vida daqui para a frente. Não consigo. E fechei os olhos com muita força os olhos na esperança de tudo isto ser um pesadelo e que eu acordasse no segundo a seguir e tudo estar bem. Mas não.
O pesadelo era a minha vida. Voltei a fechar os olhos e desta vez a escuridão decidiu finalmente apoderar-se do meu débil corpo.


By: Júuh e Sheprey

4 comentários:

Anónimo disse...

OMD!
Como é que fazem isso? Está excelente! É msm impressionante que tenham tanta imaginação!
Adorei!

Joana disse...

*___________*

Lindo!

Anónimo disse...

Hum... Parabens pelo blog, mas no que toca a fanfics prefiro Abandoned, é mais giro e sai mais depressa, nao achei esta mt engraçada!

Anónimo disse...

bem... devo dizer que esta cool, mas prefiro abandoned... claro que tambem foge muito ao que se vai passar realmente nos livros mas...