http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Forgiven - 18º Capitulo

- Samantha, esta a tal rapariga odiosa que te falei, agora somos uma amostra de amigas – disse eu, ainda sem parar de olhar para os três rapazes sentados na minha cama, sem um sinal de luta entre eles
- Zoey, ainda demoras muito? – Shaunee surgiu de trás de mim
- Olha mas que bela surpresa! – disse Erin
- Eu fiquei mais do tipo ai mãezinha. Um segundo, por favor – fui fora do quarto e respirei fundo, depois voltei para dentro – Ora bem, vamos lá a ver… que é que se passa aqui?
- Bem… Eu… Ele disse que queria falar contigo, e ele disse o mesmo, e ele também – explicou Samantha apontando primeiro para Erik, e depois para Loren, e em último para Heath
- Já agora, apresento-os. O professor de teatro, vampyro mudado recentemente e meu namorado até ontem – estendi a mão na direcção de Erik – O meu ex namorado humano – fiz o mesmo gesto para Heath – e uma espécie de ex namorado – torci o nariz – Samantha estás tão morta – disse eu na brincadeira
- Bem… pensa-se que os vampyros são criaturas da morte não é? – Sam encolheu os ombros
- Que piada…
Samantha tentou salvar-me desta situação – Bem, acho que de barriga vazia ninguém resolve nada, por isso, que tal tomarmos o pequeno almoço e depois vem um de cada vez falar com ela?
Mimei um ‘obrigada’ com os lábios para ela
- Gémea, esta rapariga tem potencial – disse Erin
- Concordamos totalmente, Gémea
- Oh, por amor à Deusa! – Afrodite foi na direcção da minha cama, puxou pelo braço de cada um e levantou-os – Vocês os três, aparecem depois, um de cada vez. Heath, vem daqui a hora, Erik, daqui a hora e meia, e Loren, daqui a duas horas. Pronto, vá, tchau, beijinhos à tia e à prima, até depois – ela começou a empurrá-los para a porta
Cada um parou ao pé de mim e abraçou-me, e eu quase me deixei cair em lágrimas quando Erik de deu um dos seus abraços longos e profundos, em que ficávamos totalmente encaixados um no outro… Mas que manhã de porcaria…
- Muito, bem, alguém me explica? – Perguntou Samantha
- Vamos, explico tudo ao pequeno almoço. O Damien e o Jack?
- Ah, devem vir aí ter connosco…
- É que a esta hora já estamos prontas para mais um dia das nossas vidas
- Vocês as duas põe-me os cabelos em pé com essa coisa esquisita, assustadora e completamente patética de acabar as frases uma da outra – disse Afrodite a escovar o cabelo com os dedos
- Então, sendo assim,…
- Não vamos parar – Shaunee pôs a mão na cintura e sorriu, enquanto Afrodite fingia ter um engulho
- Samantha: elas amam-se
- Pois, isso já percebi – agora era a vez das Gémeas fingirem vomitar. Eu e Samantha rimos enquanto descíamos as escadas
- Aqui é a cozinha, mas comida de jeito, ou seja comida nada saudável, não há, só com algum esforço é que arranjas umas boas batatas fritas ou coisa assim, tens chocolate nos armários, e montes de bebidas naquele frigorífico
- E eu, a rapariga que a Zoey chama de odiosa…
- E nós de cabra megera do inferno – disseram as Gémeas em coro
- Sou a Afrodite, sou humana e vou-me embora daqui a uns dias, e sei que vais perguntar como é que eu sou humana e estou aqui, mas a Zoey deve-te explicar quando o clã pavoroso estiver todo juntinho
- Afrodite… - comecei – Faz-me um favor à minha cabeça e sê simpática, que confusões, já tenho que basta para hoje
- Pronto, lá estás tu a dizer-me para ser simpática. Acho que vou mas é tomar o pequeno almoço com alguém mais interessante, como por exemplo aquele guerreiro, que está à porta à minha espera
- Não te dês ao trabalho de voltar que… - começou Erin
- Ainda ficas com varizes de tanto dar às pernas e ao rabo – terminou Shaunee
Samantha, que estava a beber um copo de leite, e eu a comer uma colher de Conde Chocula, quase deitámos o leite fora pelo nariz e, depois de a muito custo recuperarmos, desatámos a rir
- É difícil estares séria ou pé das Gémeas
- Gémeas?
- De personalidade. Passa três dias com elas e percebes
- Ora viva gente!
- Jack, Damien, esta é a Samantha. Samantha este é o Damien e o Jack. São gays e namorados.
- E este é o meu colega de quarto, Chad
- Olá – disse Chad – Eu disse-te que nos íamos ver – Chad apoiou-se na bancada falando directamente para Samantha. Ela corou um bocado. Okay estes dois ainda vão namorar… pensei eu, lançando um olhar cúmplice às Gémeas
- Olá – Samantha cumprimentou-os rapidamente, desviando o seu olhar do de Chad, que sorria para ela. Depois continuou a beber seu leite e a comer as suas bolachas de chocolate. A Afrodite tinha razão. O Chad é mesmo giro!
Começámos a pôr a loiça nas máquinas e fomos dar um passeio pela Casa da Noite para a dar a conhecer a Samantha e Chad. Quando passámos junto da sala de convívio, parámos em frente às nossas inscrições em cimento
- E cá está a nossa obra prima! – Erin abriu os braços na direcção dos blocos de cimento
- E isto é… - disse Samantha
- Isto são os blocos de cimento com as nossas palmas das mãos e os nossos nomes, que simbolizam que fazemos parte do concelho de perfeitos das Filhas e Filhos das Trevas – explicou Damien
- Aquele ali – apontei para o de Stevie Rae – é o da minha melhor amiga, depois explico melhor isto no quarto
- Okay, e presumo que isso das Filhas e Filhos das Trevas sejam um grupo estudantil
- Como eu disse, esta rapariga tem potencial, ao contrário da ‘Afrodite Ai Sou Tão Galdéria LaFont’
- Erin… - avisei
- Desculpa
- Tens razão, elas as três amam-se mesmo
- Bem, é muito bom estar aqui com vocês, mas minha gente, tenho uma sessão de “Resolver problemas de (ex) namorados”
- Hum… fazemos assim, enquanto tu falas com cada um deles, nós ficamos cá em baixo sentadinhos, falamos de algumas coisas à Samantha e ao Chad e esperamos por ti para aí umas três horas – sugeriu Jack
- Obrigada – disse eu – Samantha e Chad, não sei se já vos disse mas eu tenho um grupo de amigos fantasticamente impecáveis
- Pois tens – disseram todos os outros em coro.

2 comentários:

☾ ănă ☾ condє ☾ disse...

loli
ta lindo fofa *continua

bj
**Ana

Danyela ☾ disse...

Adorei!!
Quero saber dessas conversas!!!!

bjs***