http://i1295.photobucket.com/albums/b634/Katleyy/letras-Coacutepia3_zpscc96821c.png

Fanfic: Crossover - 9º Capiulo


Nono Capítulo

Aqui estava eu, seguindo rumo ao incógnito. Tinha deixado tudo para trás, apesar de saber que havia coisas que jamais me abandonariam, até mesmo poderiam assombrar-me durante o resto do tempo que permaneceria sobre este mundo.
Kate era parte de mim, por mais que o negasse, parte daquilo que jamais deixaria de ter na minha mente. Sentia-me preocupado com ela, ao deixá-la assim. A realidade era que desejava que fosse o seu cabelo negro que estivesse a esvoaçar à minha frente e não esta mulher loira que tão pouco eu conhecia.
- Chegamos. – Disse ela, abrindo uma porta de um armazém com cuidado. O sol ainda estava no alto e certamente não era a hora de andar com certas companhias durante o dia.
Tal como eu calculava, estavam algumas dezenas de vampiros, sem quaisquer marcas sobre as suas testas, observando-me atentamente. Talvez nem soubessem o que eu era, ou estariam espantados por um ser como o meu aproximar-se deles com tanta simplicidade. Não, eu não tinha qualquer receio que me atacassem.
- Estes serão os teus companheiros. – Começou ela por dizer. – Onde está a Pan?
- Saiu para buscar alguns mantimentos e mais alguns reforços. – Disse um deles, aparentando ser uma espécie de chefe. Seus cabelos escuros o realçavam, demonstrando que para além de tudo ele teria uma certa experiencia. Como se existisse para além do tempo que nós tínhamos conhecido.
- Ian, que bom ver-te… - Sorria ela com uma enorme falsidade sobre a sua voz. Era incrível como o seu sorriso fazia com que todos os restantes elementos estremecessem, talvez com medo…
- Deixa-te disso… - Disse-lhe o tal homem, mostrando agora uma expressão completamente séria. – Então e quem é esse?
- É mais um membro para o nosso grupo. – Aproximou-se dele, abraçando o seu braço, observando-me e continuando a sua apresentação. – Este é um daqueles homens com contas a ajustar com Sheftu.
Minha mente captou algo que não me lembrava de ter sido dito alguma vez… Sheftu… Mas que nome estranho. Seria a tal mulher que tinha assassinado brutamente Mervin? Não sabia porquê mas o rosto do tal Ian tinha enrijecido bastante ao ouvir aquele nome.
- Como ousas? – Perguntou-lhe, afastando o seu braço dela. – Qual o teu nome? – Perguntou-me, parecendo estar prestes a atacar-me.
- Edwin, Nicholas Edwin. – Acabei por dizer, depois de aclarar a garganta. Se o meu instinto estivesse certo, aquele vampiro seria bem mais perigoso do que aparentava. Enquanto me observava, fitou por momentos a minha testa e sorriu.
- Com que então és um vampyro. – Concluiu ele, voltando-se para o resto do grupo sem que realmente me desse caso.
Não sabia bem porque sorriu ele, talvez me tivesse achado fraco demais para que conseguisse sentir em frente. Ou visse a desconfiança que eu tinha sobre aquela mulher. Na realidade, eu não sabia nada sobre aquele homem. Era estranho, impressionante e interessante observá-lo. Kiya, por sua vez, parecia temê-lo de alguma forma… Talvez houvesse alguma espécie de pacto entre eles.
Bem, parecia que era algo que acabaria por descobrir mais cedo ou mais tarde.

1 comentário:

Kelita disse...

Ian!! O que é que o Ian está ali a fazer? medo!!!!!

:D bjs